fbpx

Monthly Archives - novembro 2018

COMUNICADO: TRABALHO NO PERÍODO DE 01/12/2018 a 24/12/2018

Prezado(a) Associado(a) 

Relativamente ao epigrafado, embora a Convenção Coletiva de Trabalho 2018/2019 ainda não foi assinada, por estarmos discutindo cláusulas específicas que atendam aos interesses das duas categorias, salientando que a CLT prevê a utilização da mão-de-obra de seus colaboradores e abaixo informamos horário sugestão:

 

– SEGUNDAS-FEIRAS A SEXTAS-FEIRAS: ATÉ ÀS 20 HORAS.

Os colaboradores poderão trabalhar 8 horas + 2 extras.

 

– SÁBADOS: ATÉ ÀS 18 HORAS.

Os colaboradores poderão trabalhar 4 horas + 6 extras, com o percentual de 60%

 

– DOMINGOS: ATÉ ÀS 18 HORAS.

Pagar horas extras com o percentual de 100%, no máximo 3 domingos, no referido mês.

O pagamento do bônus em vigor, no valor de R$ 60,00, será opcional.

– Permitir intervalo para repouso e alimentação: no mínimo uma hora e, no máximo, duas horas.

– Tão logo a Convenção Coletiva for assinada, informaremos a essência nela contida, bem como a mesma estará disponível na íntegra em nosso site e aplicativo.

– Como as sugestões acima informadas, são embasadas na CLT, o seu contador, certamente, poderá lhe fornecer informações complementares.

 

Atenciosamente,

Daniel Amadio – Presidente do Sindilojas Regional Bento

Comércio Informal: que bicho é esse?

Em seis meses, Sindilojas Regional Bento atinge mil estudantes de 20 escolas em ação de conscientização ao combate à pirataria

Combater a informalidade no varejo é um desafio do Sindilojas Regional Bento como braço da Fecomércio-RS. O assunto é hoje uma das principais bandeiras da entidade, que não tem medido esforços para compartilhar os riscos da pirataria com públicos de todas as idades. E abordar o tema em sala de aula é fundamental para transformar a sociedade. De junho a novembro, mais de mil crianças de 4ª e 5ª séries do Ensino Fundamental de Bento Gonçalves receberam cartilhas que chamam a atenção para a pauta.

 

O tema chegou às escolas no ano passado e desde então vem envolvendo milhares de crianças e suas famílias. Na ação, a Secretaria da Fazenda trata sobre a cidadania fiscal, enquanto o Procon explica porque a exigência da nota fiscal é importante. O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que coordena a Comissão de Combate à Informalidade junto a Federação, orienta as crianças sobre os produtos vendidos na informalidade. “O problema é bem série e precisa ser compreendido pela sociedade. Este trabalho de conscientização em sala de aula é essencial para que possamos levar o assunto para dentro dos lares, envolvendo os pais”, destaca.

Na semana passada, Amadio encerrou a agenda do ano em escolas, juntamente com o secretário adjunto da Fazenda de Bento Gonçalves, Heitor André Tartaro e a coordenadora do Procon da cidade, Karen Izidro Battaglia, além do fiscal Thiago Duarte dos Santos. Juntos, eles visitaram as escolas, entraram em sala de aula e chamaram a atenção dos alunos sobre o problema.

A cartilha traz uma linguagem fácil de ser compreendida pelas crianças, com ilustrações coloridas em quadrinhos. O grupo estará dando continuidade ao trabalho em 2019, envolvendo outras escolas e crianças da cidade. O mesmo ocorre em outros municípios gaúchos.

Fotos: Acervo Sindilojas

Preço a gente discute, valor não

A afirmação é da trainer em PNL e hipnóloga Mileine Vargas, que palestrou para cerca de 80 profissionais do varejo na noite desta segunda, 12, no auditório do Sesc

 

“Se o mercado é o mesmo. Então, porque uns têm sucesso e outros não”? Assim, Mileine Vargas iniciou a palestra “A Arte da Negociação – Estratégias para Vender Mais”, provocando o público de cerca de 80 pessoas. A ação do Sindilojas Regional Bento marcou o lançamento do programa #SOUSINDI para Crescer, reunindo lojistas e comerciários. O encontro foi realizado na noite desta segunda-feira, 12, no Auditório do Sesc de Bento Gonçalves.

 

Especialista em Neurolinguística, Mileine falou sobre a importância da inteligência emocional. “O modelo mental determina, e muito, a relação com o cliente. O resto é crença. Somos bombardeados diariamente com toneladas de informação e isso também ocorre com os nossos clientes. Se não soubermos influenciar, não teremos sucesso”, afirma. “Precisamos escutar usando os cinco sentidos. Somente assim poderemos perceber o comportamento e as reações de cada cliente para poder fazer conexões e persuadir. A grande âncora e que faz toda a diferença é chamar o cliente pelo nome”, garante.

 

Practitioner pela Universidade da PNL nos EUA, Mileine destacou a forma como nos comunicamos. Segundo ela, 55% da comunicação se dá pela fisiolofia, 38% pela entonação da voz e 7% pelo vocabulário, ou seja, o cliente faz uma leitura da nossa postura, das nossas emoções. “A emoção contagia, envolve, influencia. Precisamos usar isso a nosso favor”, disse. Com treinamento pessoal com Anthony Robbins (DWD), Richard Bandler e John Grinder (criadores da PNL), Mileine aproveitou a palestra para reforçar a relevância do bom atendimento. “71% das vendas fechadas se devem ao vendedor. Por isso é muito importante estar atento, pois vender produto por produto todo mundo vende. Agora, agregar valor e serviço é o que faz a diferença e fideliza este cliente”, complementa.

 

Para concluir, a palestrante disse que para ter sucesso não basta saber onde se quer chegar. É preciso ter atitude, estar inteiro na situação. O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, aproveitou o momento para falar do projeto #SOUSINDI para Crescer que entra em ação para qualificar lojistas e comerciários em torno de temas gerenciais a partir de exemplos práticos e dentro de uma sistemática de programação. A palestra contou com o apoio do Senac e do Sesc Bento Gonçalves.

 

#SOUSINDI para Crescer

O projeto prevê a execução de um Calendário Anual de Eventos com palestras que contemplarão temas atuais e relevantes para o dia a dia dos profissionais que atuam no varejo. Estão previstas oito palestras, uma por mês de março a outubro de 2019, além de um encontro máster no segundo semestre. Quem participar de todos os encontros receberá um Certificado de Participação com o registro de cada qualificação.

Daniel Amadio integra comitiva da Fecomércio-RS em ação contra o Difa
Daniel Amadio integra comitiva da Fecomércio-RS em ação contra o Difa

Daniel Amadio integra comitiva da Fecomércio-RS em ação contra o Difa

Julgamento do Imposto de Fronteira é suspenso pelo STF e frustra lideranças do varejo gaúcho que estiveram em Brasília para acompanhar a votação nesta quarta-feira

 O presidente do Sindilojas Regional Bento e vice-presidente da Fecomércio-RS, Daniel Amadio, integrou a comitiva organizada pela Federação Gaúcha para acompanhar a votação da cobrança do Imposto de Fronteira, conhecido como Difa – Diferencial de Alíquotas de ICMS na quarta-feira, 7 de novembro, no Supremo Tribunal Federal (STF), em Brasília. Liderados pelo presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, os 18 presidentes de Sindilojas que participaram da ação, retornaram da capital brasileira decepcionados.

Depois de quatro votos favoráveis ao fim da cobrança do Difa e um voto pela manutenção, a matéria foi suspensa após o Ministro Gilmar Mendes pedir vistas pelas divergências de entendimento apontadas durante a discussão. “A frustração e insatisfação foi unânime. Esperávamos que este assunto tivesse um desfecho final positivo. Vamos continuar acompanhando a pauta, hoje uma das principais reivindicações das empresas gaúchas e acreditamos que sairemos vitoriosos. Começamos bem, pois os quatro primeiro votos foram favoráveis”, destaca Amadio. A aprovação depende da maioria dos 11 votos. A expectativa é que uma nova e breve data seja marcada para a votação. Entretanto, ainda não há previsão, pois o tema agora depende da avaliação do Gilmar Mendes.

A Fecomércio-RS participou da ação como Amicus Curiae, isto é, apresentando subsídios e dados que reforçam a inconstitucionalidade do imposto, como o aumento da carga tributária para micro e pequenas empresas e o conflito de competências, já que há uma sobreposição da competência do Estado sobre a União. “Somos protagonistas dessa luta desde 2010. Temos mobilizado o empresariado gaúcho e acreditamos que o Supremo será sensível a essa causa”, aponta o presidente da entidade, Luiz Carlos Bohn. O presidente destaca também as dificuldades enfrentadas pelas pequenas empresas, ressaltando que a cobrança dos 6% supera o imposto de 3% cobrado no Simples, o que aumenta a carga tributária em quase 300%.

O Difa equivale à cobrança da alíquota de 6% de ICMS nas negociações entre fronteiras para optantes do Simples Nacional. A legislação obriga as empresas que adquirirem produtos de outros estados a pagarem a diferença de imposto no mês subsequente ao recebimento da mercadoria. Na prática, o maior impacto da medida recai sobre as MPE’s, em função das distorções em seu fluxo de caixa.

Fotos: Simone Barañano – Fecomércio-RS

Novidade APP do Sindilojas Bento

Sindilojas Regional Bento agora também em APP

Aplicativo gratuito está em operação para os usuários do sistema Android e IOS

 Agora os associados do Sindilojas Regional Bento contam com mais uma facilidade para acompanhar todas as novidades da entidade. É o APP Sindilojas Bento, que organiza, de forma simples, direta e sem necessidade de acessar o navegador de internet, informações e benefícios oferecidos. Para os usuários de smartphones com Android, basta entrar na Play Store, pesquisar por Sindilojas Bento e realizar a instalação. Já para quem possui o sistema IOS, é necessário entrar em contato pelo e-mail suporte@sindilojasbg.com.br para solicitar o link para download.

 O associado que decidir contar com todas as facilidades que o aplicativo do Sindilojas Bento proporciona pode consultar e imprimir segunda via de boleto, conferir as últimas notícias da entidade e do setor, além de informações sobre convenções coletivas, código do consumidor, e-social, telefonia empresarial, médicos conveniados e demais benefícios oferecidos pelo sindicato. O aplicativo para Android necessita de apenas 16MB de memória de armazenamento do Smartphone.

Para o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, a inovação chega para facilitar o contato do associado com a entidade. “Com este aplicativo o Sindilojas Bento que se aproximar e dar ao associado a possiblidade de fazer consultas rápidas de documentos, informações e convênios, tudo isso com apenas alguns toques e com acesso direto na tela do celular. Mas também queremos atrair novas empresas. Por isso o APP é gratuito e pode ser instalado por qualquer pessoa” destaca, Amadio.

O Sindilojas Regional Bento atua numa base territorial formada por 11 municípios, sendo eles: Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul.