fbpx

Monthly Archives - setembro 2019

Exemplo gaúcho de combate à informalidade é compartilhado no Rio

Trabalho realizado pela Fecomércio-RS, através da CCI, é apresentado para a CNC e inspira outras Federações

 

O comércio ilegal no Brasil é uma realidade que não para de crescer. No ano passado, a economia paralela movimentou R$ 1,173 tri (16,9% do PIB) contra R$ 983 bi em 2017. O problema tem sido uma das principais pautas da Fecomércio-RS que, através da Comissão de Combate à Informalidade, vem atuando incansavelmente para atacar de frente o assunto. Pioneira no país, a ação gaúcha foi compartilhada no Rio de Janeiro, no dia 9 de setembro, a convite da Câmara Brasileira do Comércio de Produtos e Serviços Ópticos (CBÓptica), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

 

O trabalho foi apresentado pelo coordenador da Comissão, Daniel Amadio, também presidente do Sindilojas Regional Bento. Ele relatou que só no Rio Grande do Sul a perda na arrecadação equivale a R$ 5,66 bi somente no ano passado. Segundo ele, dados do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial e do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas mostram que o valor saltou de R$ 52,7 bi para R$ 76,48 bi de 2017 para 2018. “A pirataria é um assunto que levamos muito a sério. Percorremos o estado conscientizando entidades, poder público e iniciativa privada que, na maioria das vezes, não se dão conta que toda pessoa que adquire um produto falsificado e contrabandeado está alimentando a violência no Brasil. Isso porque grande parte desses produtos chegam pelas mãos de traficantes de armas, drogas e até de pessoas, utilizando rotas e mecanismos similares”, destaca. Junto com Amadio também esteve presente o presidente do SindiÓptica-RS, André Roncatto.

 

O exemplo vem chamando a atenção de outras Federações que já manifestaram interesse em conhecer melhor o trabalho para implantar medidas em seus estados. No Brasil, a Fecomércio-RS é a única a atuar neste sentido e compartilhar esta experiência com outras unidades. “Ficamos felizes em poder inspirar outras Federações a atuar no combate à informalidade. Esperamos poder contribuir e ver surgiu mais braços nesta luta Brasil afora”, avalia Amadio. Mais de 15 entidades gaúchas integram a Comissão, entre elas a Fiergs, Federasul, AGAS, ACPA, FCDL e Procon RS.

 

No dia 12 de agosto, a atuação da Comissão de Combate à Informalidade no RS ganhou voz junto à Assembleia Legislativa com a criação de uma Frente Parlamentar Gaúcha de Combate à Pirataria, uma conquista que dá força ao movimento.

 

Fotos: CNC Divulgação

36 CNSE: Comissão nacional se reúne dia 13 em Curitiba

Agenda está pautada na programação técnica do maior encontro de gestores de sindicatos patronais do varejo, que será de 20 a 22 de maio, em Bento Gonçalves

 

Há nove meses do evento, o 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), que acontecerá de 20 a 22 de maio em Bento Gonçalves numa realização do Sindilojas Regional Bento, já tem data e local definidos, além do hotel e agência oficial e se prepara para lançar o site com abertura das inscrições ainda em setembro. Agora a comissão organizadora se dedica a programação técnica com atenção especial aos temas que serão abordados em palestras, talk show, painéis e apresentação de cases. Esta é a pauta da reunião preparatória agendada para o dia 13 de setembro, em Curitiba.

 

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, participará do encontro que reunirá lideranças de todas as regiões brasileiras. O grupo tem a função de dar parecer sobre a programação técnica e deliberar sobre os assuntos ligados à organização do evento. “Vamos apresentar nossa proposta desenhada a partir da realidade dos sindicatos, suas necessidades e desafios. Queremos montar uma programação com temas relevantes, úteis e de interesse do setor”, destaca.

 

Em maio, ainda quando faltava um ano para o evento, Amadio participou da edição realizada em Fortaleza, com o objetivo de lançar o Congresso, antecipando o convite para os congressistas estarem na Serra Gaúcha em 2020. O apelo foi aceito, inicialmente, por delegações de 10 estados brasileiros (Acre, Amapá, Maranhão, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima e São Paulo), que já efetivaram reserva na Rede Dall’Onder, hotel oficial do evento. As comitivas da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e da Fecomércio-RS também já confirmaram participação.

 

Quem participar do evento, além de reciclar informações, também vai viver experiências em torno da cultura do vinho e da imigração italiana. A organização está trabalhando junto com a Giordani Turismo na oferta de atrativos turísticos para congressistas e acompanhantes, a fim de que possam aproveitar a estada para contemplar a história regional. “Estamos organizando um evento para ficar na memória das pessoas. Nossa grande aposta é na comodidade e nas experiências que temos a oferecer, seja na gastronomia, seja nos vinhos e na cultura. Vamos cuidar de cada detalhe para fazer jus a confiança depositada em nós para sediar pela primeira vez o evento”, salienta Amadio.

 

SERVIÇO 36º CNSE

O que? 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais de Bens, Serviços e Turismo (CNSE)

Quando? 20 a 22 de maio de 2020

Onde? Dall’Onder Grande Hotel

Informações: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou lucinara@conceitocom.com.br

Realização: Sindilojas Regional Bento

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

Hotel Oficial: Rede Dall’Onder

Agência Oficial: Giordani Turismo

Temas tributaristas e econômicos na pauta do varejo

#SOUSINDI para Crescer realiza sexta palestra dia 16 falando sobre ICMS-ST, e-Social e Cenário Econômico e Político

 

O Programa #SOUSINDI para Crescer já reuniu mais de 750 pessoas. Foram cinco encontro que trataram de temas motivacionais, de gestão, empreendedorismo, turismo e automação. A palestra de número seis reunirá dois especialistas da Fecomércio-RS no dia 16 de setembro, no Auditório do SESC de Bento Gonçalves, a partir das 19h. A tributarista Tatiane Corrêa falará sobre ‘Cenário do Ajuste do ICMS-ST e Simplificação do e-Social’ e o economista Lucas Aronne Schifino abordará ‘Cenário Econômico e Político’. Ingressos estão à venda e podem ser obtidos pelo telefone (54) 3052.0066.

 

Desenvolvido para qualificar gestores para melhorar o ambiente de negócios e acelerar o desenvolvimento de vantagens competitivas, o programa também busca aproximar o varejista de especialistas e cases referência. Tudo para fortalecer o comércio regional. O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, aposta no projeto como grande impulsionador da busca pelo conhecimento, pela inovação e o desejo de melhor gerir o negócio. “Nosso trabalho também é qualificar e enriquecer o conhecimento do associado. Cada palestra foi pensada, levando em consideração as demandas que observamos no cotidiano”, destaca.

 

O #SOUSINDI para Crescer é o maior programa de qualificação do comércio desenvolvido pelo Sindilojas Regional Bento. Até novembro serão oito encontros em torno de temas diversos. Fabiano Feltrin, Caio Carneiro, Odair Delagasperina, Harry Laube e Ivane Fávero já passaram pelo palco do projeto compartilhando conhecimento. Depois da Tatiane Corrêa e do Lucas Aronne Schifino, que conduzirão a palestra no dia 16 de setembro, será a vez da Monja Coen e de Taíse Klipel Paim.

 

SERVIÇO PALESTRA 16 DE SETEMBRO

O que? #SOUSINDI para Crescer – Palestra ‘Cenário do Ajuste do ICMS-ST e Simplificação do e-Social e Cenário Econômico e Político’

Quando? 16 de setembro de 2019, às 19h

Onde? Auditório do SESC

Palestrantes: Tatiane Corrêa e Lucas Aronne Schifino (Fecomércio-RS)

Valor por pessoa: R$ 20 para Associado e R$ 30 para Não Associado

Informações e ingressos: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou lucinara@conceitocom.com.br

Patrocínio: Sicredi, Mercantec, Vitaseg, Beltrami Contabilidade

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC