fbpx

COVID-19

Sindilojas negocia redução de bônus por feriado trabalhado

Conquista foi articulada com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves e garante diminuição de 10% no valor

Um acordo firmado entre o Sindilojas Regional Bento e o SEC-BG na manhã desta terça-feira, 9 de junho, acaba de reduzir de R$ 83,20 para R$ 75 o valor do bônus por cada feriado trabalhado, pago no final do expediente, previsto na 34ª cláusula da Convenção Coletiva de Trabalho 2019-2020, abrangendo Bento Gonçalves, Carlos Barbosa e Garibaldi.

A iniciativa partiu do Sindilojas, que encontrou no SEC-BG a compreensão de que o momento é difícil e que toda diminuição de custos contribui para a sobrevivência das empresas e, consequentemente, dos empregos. “Não é uma grande redução, mas já ajuda”, declara o presidente do Sindilojas, Daniel Amadio, que complementa assegurando que tudo o que estiver ao alcance da entidade será feito para ajudar as empresas no enfrentamento desta crise sem precedentes.

A negociação extraordinária se refere aos dois próximos feriados: Corpus Christi e Santo Antônio, este feriado municipal em Bento Gonçalves. O período ganha ainda mais importância para o comércio também em razão o Dia dos Namorados. O acordo foi assinado por Amadio e pelo Secretário Geral do SEC-BG, Sérgio Marino Ribeiro Neves.

Nova portaria impõe novos cuidados aos shopping centers

Mudanças anunciadas pelo Governo do Estado na sexta-feira, 5 de junho, atingem especificamente as áreas de alimentação

Para poder abrir, os shopping centers e centros comerciais precisam seguir um amplo protocolo de cuidados. Na sexta-feira, 5 de junho, o Governo do Estado do Rio Grande do Sul anunciou novas medidas a serem seguidas. A principal mudança é em relação as áreas de alimentação que, obedecendo a Portaria SES Número 406/2020, agora devem criar barreira física de proteção em vidro ou acrílico ou garantir a distância de um metro entre o balcão expositor e o cliente.

As alterações constam no Artigo 1º, inciso XIV, alíneas “a” e “b”, estabelecendo que as praças ou pontos de alimentação tenham uma barreira física de proteção em vidro, acrílico ou outro material liso, resistente e de fácil higienização entre o balcão expositor e o cliente. Outra opção é garantir a distância de um metro, com marcação no piso, entre o balcão expositor e o cliente, sendo obrigatório o uso de máscara pelo cliente.

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, afirma que a entidade está atuando para conscientizar os lojistas e comerciários da atenção que deve ser dada a todos os itens. “Não podemos relaxar. Cada detalhe deve ser seguido à risca para garantir o funcionamento dos shopping centers. A flexibilização pode evoluir ou regredir, dependendo da situação”, conclui.

Protocolo de ações nos shopping centers e centros comerciais

  1. Barreira física de proteção em vidro, acrílico ou outro material liso, resistente e de fácil higienização entre o balcão expositor e o cliente, ou garantir a distância de um metro, com marcação no piso, entre o balcão expositor e o cliente, sendo obrigatório o uso de máscara pelo cliente.
  2. Álcool gel disponível em todas as áreas de circulação do Shopping, além do uso em todas as lojas.
  3. Intensificação dos protocolos de higienização constante das superfícies, áreas comuns.
  4. Uso obrigatório de máscaras para funcionários e clientes, não substituindo as medidas de prevenção, como o distanciamento social, higienização das mãos.
  5. Retirada de todos os bancos e sofás nas áreas de circulação interna do Shopping.
  6. Distanciamento e redução de mesas e cadeiras na praça de alimentação.
  7. Higienização constante nas mesas.
  8. Controle de acesso aos banheiros limitando e reforço na higienização dos banheiros.
  9. Reforço na higienização dos corrimões, guarda-corpos, maçanetas e escada rolante.
  10. Demarcação no piso nos caixas eletrônicos e posto bancário, incluindo avisos de distanciamento em todas as áreas internas do Shopping.
  11. Uso dos elevadores, restrito a idosos acima de 60 anos; gestantes; pessoas portadoras de necessidades especiais e pessoas com crianças de colo.
  12. Abertura de todas as áreas de ventilação.
  13. Reforço na higienização nas cancelas nos equipamentos de entrada dos veículos e orientação as medidas de prevenção ao COVID-19.
  14. Medição de Temperatura na entrada do Shopping. Controle de temperaturas e relatório dos funcionários do Shopping.
  15. Orientação para distanciamento de 3 degraus na escada rolante.
  16. Sanitização/desinfecção dos ambientes.
  17. Tapetes de sanitização nas entradas.
  18. Sentido único de entrada e saída do Shopping.
  19. Sistema de revezamento/ escalas de funcionários.
  20. Limitação de clientes dentro dos estabelecimentos.
  21. Redução e mudança de horário do shopping.
  22. Cartazes e materiais nas mídias sociais com dicas de prevenção.

Uso de provadores está liberado

Governo do Estado divulga nova portaria com protocolos a serem seguidos pelos estabelecimentos comerciais. Prova de peças que tenham contato com o rosto seguem proibidas

O Governo do Estado acaba de flexibilizar o uso de provadores, conforme divulgação da Portaria SES Número 376/2020, que institui o protocolo de funcionamento para estabelecimentos comerciais de rua em geral em todo o Rio Grande do Sul. Em Bento Gonçalves, o comércio reabriu dia 16 de abril e desde então estava proibido de fazer provas de roupas e calçados. Agora, as empresas podem disponibilizar os provadores desde que sigam oito itens que integram o Artigo 1º, inciso XV desta portaria. Cabe destacar que a alínea “e” proíbe a prova de peças que entrem em contato com o rosto, como camisetas e blusas.

As medidas incluem desde a higienização dos provadores com álcool 70%, passando pelo controle de acesso aos provadores, evitando aglomerações e assegurando o distanciamento mínimo, até a limpeza das peças e ações de orientação. Para o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que junto à Fecomércio-RS vinha atuando na articulação com o Poder Público Estadual para conquistar esta flexibilização, a notícia estava sendo aguardada pelo setor com ansiedade. “Vamos atuar para conscientizar os lojistas e comerciários da atenção que deve ser dada a todos os itens. Não podemos relaxar. Cada detalhe deve ser seguido à risca para garantir o uso dos provadores. A flexibilização pode evoluir ou regredir, dependendo da situação”, conclui.

Medidas que devem ser tomadas pelas empresas

a) higienizar os provadores com álcool 70% ou outro desinfetante indicado para este fim após cada uso e, caso dotado de cortina, realizar a higienização com vapor e aguardar secagem para novo uso;

b) realizar o controle de acesso aos provadores, a fim de evitar aglomerações e assegurar o distanciamento mínimo entre as pessoas e o tempo necessário à higienização;

c) disponibilizar álcool-gel 70% ou preparações antissépticas ou sanitizantes de efeito similar para higienização das mãos ao ingressar e sair dos provadores;

d) orientar os clientes a permanecer com a máscara durante a prova de roupas e acessórios;

e) proibir a prova de peças que entrem em contato com o rosto durante a prova, como camisetas e blusas;

f) higienizar as roupas após a prova ou a devolução pelo cliente, nos casos de retirada do estabelecimento para provar em casa, através de meio eficaz, como a utilização de passadeira a vapor, dispositivo de higienização ultravioleta ou assegurar período mínimo de aeração de 48 a 72 horas;

g) colocar cartazes nos provadores orientando acerca da necessidade de permanência do uso da máscara, higienização das mãos e distanciamento entre as pessoas.

h)orientar os clientes a higienizar as mãos antes e depois da prova de calçados e, após, mantê-los em local arejado, sem devolver imediatamente à caixa.

Pontos de coleta da Ação Bento é Super

RUA 13 DE MAIO
ANDRÉIA MODAS
GLOBO MODA HOMEM
LÁBARO VARIEDADES
PHANTON ACADEMIA (L’AMÉRICA)

RUA CÂNDIDO COSTA
AR LIVRE
360 GRAUS
AR LIVRE
HORANGO TANGO
OPEN
SEM LIMITES
SENSUALE

RUA MARECHAL DEODORO
FOTO PAVAN
IDÉIAS E PRESENTES
LOJAS LOUVRE
MILAN MODA HOMEM
ÓTICA DEBIANCHI
ÓTICA DINIZ
TANTI ÓTICA
VÍZIA ÓPTICA

RUA SALDANHA MARINHO
ATUAL FITNESS
BASSO MODA E ESTILO
CASA DAS LINHAS
COLLECIONE
DON JUAN
IMPÉRIO MODAS
INTALVAS
LOJA PASINI
LP MODAS
LP MODINHA
MAGNIFIC MODAS
MAXI 10
ÓTICA DEBIANCHI
ÓTICA FIORENSE
PAPELARIA PRISMA
PLANETA JEANS
PLUS.COM
POYNT WEAR
SAN BENTO ÓTICA
VIDA NUA
VÍZIA ÓPTICA

RUA JÚLIO DE CASTILHOS
ATAQUE E DEFESA
CADORO
MARILIA ACESSÓRIOS
MAXI 10
ÓTICA NOVITÁ
ÓTICA SAN BENTO
PUBLIC

RUA BARÃO DO RIO BRANCO
ALMA PIENA
ATACADÃO PET

RUA GOMES CARNEIRO
LOJAS MEJOLARO
MALHARIA GABRIEL
OLY MODAS

RUA RAMIRO BARCELOS
AMANDO BIJU
VÍZIA ÓPTICA
SUPERMERCADO GREPAR

RUA JOSÉ MÁRIO MÔNACO
VÍZIA ÓPTICA

RUA MARECHAL FLORIANO
ÓTICA DEBIANCHI

RUA CAV. HORÁRIO MÔNACO
SUPER APOLO

BAIRRO CIDADE ALTA
RUA DR. CASAFRANDE
LOJA POZZA

RUA 13 DE MAIO
ATUAL FITNESS
DOCE MAGIA
PADMA

RUA XINGU
LEQUARTTIÊ

RUA OSVALDO ARANHA
APOLO PISOS
ARMAZÉM DAS TINTAS
BG FERRAMENTAS
CAITÁ SUPERMERCADOS
CASA DO PINTOR
EMAGRECENTRO
PET MANIA
PISOS E CIA
RN MATERIAIS DE CONSTRUÇÃO
SUPERMERCADO GREPAR

RUA OLAVO BILAC
CRISTO REI MATERIAIS ELÉTRICOS
LOJA DE MARCO
PRIMA PHARMA

BAIRRO SÃO FRANCISCO

REAL ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA

BAIRRO SÃO BENTO
RUA TIETÊ
MALHAS G’DOM

AV. PLANALTO
CANOS MARCON
CIA DO SONO
DART

BAIRRO PLANALTO
RUA HERNY HUGO DREHER
ENDROPHIE ACADAMIA

BAIRRO BOTAFOGO
TRAV.GUAPORÉ
SUPERMERCADO GREPAR

RUA FORTALEZA
AERO JEANS
PRIMACOR

RUA 10 DE NOVEMBRO
IMPRETEC

RUA VICTÓRIO CARRARO
RECANTO NATIVO

BAIRRO PROGRESSO
RUA GIOVANI GIRARDI
SUPERMERCADO GREPAR

RUA PEDRO ROSA
BAZAR RAMPANELLI

RUA PEDRO MARAGNO
SGABI

BAIRRO BORGO
RUA SÃO PAULO
RIZZARDO ELETRICIDADE
SUPER MAXI COMPRAS

BAIRRO LICORSUL
RUA CAV. JOSÉ FARINA
ARG MANGUEIRAS
CONSTRUBENE
LOJA LABOUTIQUE

BAIRRO SÃO ROQUE
AV. SÃO ROQUE
FRUTEIRA SÃO ROQUE

BAIRRO APARECIDA
RUA GIÁCOMO BACCIN
IMPÉRIO MODAS
SUPERMERCADO GREPAR

RUA CÂNDIDO COSTA
360 GRAUS
AR LIVRE
HORANGO TANGO
OPEN
SEM LIMITES
SENSUALE

RUA MARECHAL DEODORO
FOTO PAVAN
IDÉIAS E PRESENTES
LOJAS LOUVRE
MILAN MODA HOMEM
ÓTICA DEBIANCHI
ÓTICA DINIZ
TANTI ÓTICA
VÍZIA ÓPTICA

RUA SALDANHA MARINHO
ATUAL FITNESS
BASSO MODA E ESTILO
CASA DAS LINHAS
COLLECIONE
DON JUAN
IMPÉRIO MODAS
INTALVAS
LOJA PASINI
LP MODAS
LP MODINHA
MAGNIFIC MODAS
MAGNIFIC PERFUMES
MAXI 10
ÓTICA DEBIANCHI
ÓTICA FIORENSE
PAPELARIA PRISMA
PLANETA JEANS
PLUS.COM
POYNT WEAR
PRIMAZIA
SAN BENTO ÓTICA
VIDA NUA
VÍZIA ÓPTICA

RUA JÚLIO DE CASTILHOS
ATAQUE E DEFESA
CADORO
MARILIA ACESSÓRIOS
MAXI 10
ÓTICA NOVITÁ
ÓTICA SAN BENTO
PUBLIC

RUA RAMIRO BARCELOS
AMANDO BIJU
VÍZIA ÓPTICA
SUPERMERCADO GREPAR

RUA JOSÉ MÁRIO MÔNACO
VÍZIA ÓPTICA

RUA MARECHAL FLORIANO
ÓTICA DEBIANCHI

RUA CAV. HORÁRIO MÔNACO
SUPER APOLO

BAIRRO CIDADE ALTA
RUA 13 DE MAIO
ATUAL FITNESS – 3701-0010 – ADRIANA

RUA XINGU
LEQUARTTIÊ

RUA OSVALDO ARANHA
SUPERMERCADO GREPAR

BAIRRO BOTAFOGO
TRAV.GUAPORÉ
SUPERMERCADO GREPAR

BAIRRO PROGRESSO
RUA GIOVANI GIRARDI
SUPERMERCADO GREPAR

BAIRRO MARIA GORETTI
RUA GUILHERME FASOLO

CASA DO ENCANADOR OURIVES

BAIRRO APARECIDA
RUA GIÁCOMO BACCIN
SUPERMERCADO GREPAR

‘Bento é Super’ quer transmitir poder solidário à população

Ação do Sindilojas Regional Bento distribui milhares de máscaras em troca de alimentos não perecíveis e artigos de limpeza a quem doar nas empresas associadas

Bento Gonçalves é destaque nacional em diversas áreas. Com uma economia diversificada, expõe sua capacidade produtiva invejável, além de uma cultura rica em histórias, saberes e fazeres que atraem e encantam mais de 1 milhão de turistas todos os anos. Sua gente empreendedora e trabalhadora é o que faz frente para se alcançar esta posição. E é justamente este espírito participativo que levou o Sindilojas Regional Bento, juntamente com o Sindilojas Jovem, a lançar a ação ‘Bento é Super’, despertando em cada habitante o sentimento de solidariedade para enfrentar a Covid-19.

Quem usar seu poder solidário para doar alimentos não perecíveis, água sanitária, sabonete e sabão nas empresas associadas ao Sindilojas Regional Bento receberá uma máscara personalizada de combate ao Coronavírus, confeccionada e doada pela Malhas G’Dom, uma das parceiras na ação. A máscara, que segue as normas da Organização Mundial da Saúde (OMS), é de TNT duplo, podendo ser lavada e reutilizada, e traz em sua estampa o slogan da ação ‘Bento é Super’.

“Queremos contagiar toda população com a ação. Enquanto convocamos as pessoas a participar doando alimentos e artigos de limpeza para repartir com os menos favorecidos, também pensamos na segurança e saúde de todos. Por isso, a máscara é a nossa marca. O poder solidário está nas nossas mãos. Podemos ser super heróis, mas heróis no combate a Covid-19”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento.

Inicialmente, serão distribuídas 2 mil máscaras, através das empresas associadas que serão pontos de arrecadação de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza. A entidade está distribuindo os cartazes para serem colocados na vitrine identificando o local como ponto de coleta. Cabe a cada estabelecimento, receber as doações e em cada uma delas entregar a máscara de proteção. A Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (Sedes), apoiadora da ação, estará fazendo o recolhimento das doações semanalmente. As empresas também podem solicitar a coleta pelo telefone (54) 3055.7337, além do suporte do Sindilojas Jovem.

Além das vitrines, ‘Bento é Super’ também está retratada na entrada da cidade, com outdoor ao lado da Pipa Pórtico, numa iniciativa que tem o apoio do Grupo DCA e da Secretaria de Turismo, além de circular pelo site www.sindilojasbg.com.br, pelas redes sociais da entidade e divulgação nos veículos de comunicação da cidade parceiros do projeto.

Ação ‘Bento é Super’

Doações: alimentos não perecíveis, água sanitária, sabonete e sabão

Pontos de coleta: empresas associadas identificadas com o cartaz da ação

Cronograma da coleta:

Segunda-feira – Centro

Terça-feira – São Francisco, Borgo, Licorsul, Vila Nova e Fenavinho

Quarta-feira – São Roque, Ouro Verde e Aparecida

Quinta-feira – Juventude, Cidade Alta e Planalto

Sexta-feira – Botafogo, Santa Helena, Santa Marta e Santo Antão

Outros bairros serão atendidos pelo Sindilojas Jovem ou mediante o telefone 3055.7337

Realização: Sindilojas Regional Bento e Sindilojas Jovem

Apoio: Malhas G’Dom, Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social, Secretaria de Turismo, Grupo DCA, Agência Gringa, Work Express Entrega Rápida, Supermercados Grepar e Super Apolo.

Apoio divulgação: Jornal Semanário, Jornal Serra Nossa, Jornal Integração da Serra, Jornal Design Serra, Jornal Cidades da Serra, Rádio Difusora, Rádio Serrana – Grupo RSCOM, Rádio UCS FM, Rádio Rainha, Rádio Cidades da Serra Web, Portal BM News, Guia Bento e Site Notícias de Bento, além das influencers Raquel Konrad (Na Carona da Quel), Caroline Pandolfo e Carla Cogorni.

Bento pode ser ‘amarelo’

Sindilojas trabalha para informar e conscientizar comunidade a seguir os protocolos de distanciamento controlado impostos pelo Governo do Estado para que a cidade possa superar a pandemia e sair do ‘laranja’

“Hoje somos laranja, mas podemos ser amarelo”. A afirmação é do presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que, junto com sua diretoria, travou uma batalha contra a Covid-19 em Bento Gonçalves. Informação e conscientização são as armas adotadas, ainda mais agora com a divulgação no sábado, 09, pelo Governador Eduardo Leite, do Modelo de Distanciamento Controlado no Rio Grande do Sul e os protocolos que cada cidade deve seguir, conforme sua classificação de risco identificadas pelas cores Amarelo, Laranja, Vermelho e Preto.

“Precisamos, mais do que nunca, ter foco e seguir os protocolos emitidos, tomando todos os cuidados necessários. Este é um momento decisivo e que depende de cada um, tanto na sua prática, cuidando do seu negócio, quanto como fiscalizadores sociais. Nosso dever enquanto cidadãos é fazer o seu papel, mas também informar e conscientizar os demais. Somente sairemos dessa mais fortes se trabalharmos juntos”, reforça Amadio.

Estar na Bandeira Laranja obriga a seguir um protocolo de ações como operar com 50% ou 75% do quadro funcional, dependendo do setor. O comércio de veículos, manutenção e reparação de veículos automotores, o comércio atacadista e varejista não essencial (rua), além dos centros comerciais e shopping centers podem operar com 50% de seus funcionários ao mesmo tempo, sendo que estes dois últimos devem seguir a mesma proporção em relação a lotação. O modo de operação e atendimento também varia entre teletrabalho, presencial restrito, tele entrega, pague e leve e Drive-thru.

O percentual de funcionários permitidos no mesmo turno sobe para 75% quando se trata de setores como varejo de produtos alimentícios, comércio de combustíveis e itens essenciais no comércio varejista e atacadista. Entretanto, em todas as bandeiras, é obrigatório colocar em prática os protocolos de prevenção, além das variáveis recomendadas. No caso dos centros comerciais e shopping centers é necessário fazer o monitoramento de temperatura.

O uso de máscaras agora é obrigatório em todo o Estado, em qualquer lugar, na rua ou dentro das empresas e órgãos públicos. Os protocolos completos estão disponíveis nas redes sociais do Sindilojas e no site http://www.sindilojasbg.com.br/noticias/.

Amadio entende que esta luta é de todos, empregados e empregadores. “Bento Gonçalves é referência em diversos setores e isso é resultado de sua gente que ao longo dos anos mostrou que é capaz, que não desiste e trabalha. Poucas cidades têm uma economia tão diversificada como a nossa e uma pujança invejável. O enfrentamento ao Coronavírus está acima de qualquer coisa, independente de marca, partido ou religião, e a união em torno dos mesmos objetivos é determinante para a sobrevivência de nossa sociedade”, conclui.

Protocolo Bento Gonçalves

SELO AMBIENTE LIMPO E SEGURO: PASSO A PASSO

  1. Informar a todos os funcionários sobre os protocolos relativos ao coronavírus COVID-19.
  2. Fazer uma tabela diária com horário e valor da medição de febre, verificação de tosse, dificuldade em respirar de todos os funcionários. Caso, algum deles apresente febre acima de 37,8° e/ou quadro gripal, encaminhá-lo a UPA 24 Horas. A temperatura corporal varia de 36° a 37,4°, acima desta medida pode-se considerar febrícula. A partir de 37,8° considera-se febre.
  3. Orientar os funcionários a forma correta de lavar as mãos com água e sabão, durante pelo menos 20 segundos ou usar desinfetante que tenha pelo menos 70% de álcool, cobrindo todas as superfícies das mãos.
  4. Orientar funcionários que ao tossir ou espirrar devem utilizar o antebraço ou usar um lenço de papel, que depois deve ser imediatamente jogado ao lixo; evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos.
  5. Alertar os funcionários para evitarem o contato próximo, apertos de mão, beijos, abraço, postos de trabalhos compartilhados, partilha de alimentos, utensílios, copos, toalhas e objetos. Evitar o contato direto com clientes sempre que possível.
  6. Ordenar aos funcionários para sempre usarem máscaras e demais EPI’s (caso estes sejam necessários), e a orientarem os clientes sobre a obrigação do uso de máscaras no município.
  7. A Secretaria entregará na visita cartazes com orientações que deverão ser expostos em locais visíveis ao público (cartazes de orientação para banheiros e áreas de circulação comum e envio de banner de forma digital sobre a capacidade máxima de lotação).
  8. Providenciar um local, ou uma cadeira, que fique reservado somente para uso de suspeitas infectadas, caso chegue algum cliente que passe mal, ele deve ser conduzido a esse local onde ficará isolado dos demais clientes.
  9. Por turno deve sempre haver um funcionário orientado que, caso alguém passe mal, deverá ser encaminhado para o local já previamente reservado, ligar para a UPA 24h: 3055-7303 e orientar o cliente a seguir as orientações passadas, após a saída do cliente esse funcionário providenciará a higienização do local, e o mesmo deverá durante todo o procedimento evitar o contato físico e usar todos os EPI’s.
  10. Os locais em que houver contato de pessoas suspeitas de estarem contaminadas deverão ter sua higienização reforçadas, bem como descontaminação da área.
  11. Disponibilizar máscaras que são de uso obrigatório e EPI’S para funcionários (luvas, jalecos, óculos de proteção, enfim o que for necessário para segurança).
  12. Todos os funcionários devem informar e cobrar o uso de máscaras pelos clientes quando não estiverem se alimentando ou bebendo, tendo máscaras para venda ou distribuição gratuita caso estes cheguem sem.
  13. Disponibilizar materiais para higiene nos banheiros: sabão líquido, toalhas de papel, álcool 70% ou outro produto adequado para higienização das mãos.
  14. Usar lixeiras de abertura não manual para evitar o contato.
  15. Manter nos pontos de entrada/saída, banheiros e balcão de atendimento álcool em gel 70% ou outro produto adequado para uso comum.
  16. Deverá ser feita higienização constante de superfícies onde haja toque, após cada uso, com álcool ou produto adequado (mesas, equipamentos, teclados, cadeiras, interruptores, elevadores, etc.).
  17. Deverá ser feita a higienização a cada 3h no mínimo dos pisos, paredes, e teto dos banheiros e em ambientes internos fechados, com álcool ou outro produto adequado.
  18. O empregador é orientado a manter os funcionários do grupo de risco afastados das atividades, bem como quando possível fazer regime de escala, revezamento de turno ou diminuição de jornada garantindo a redução do fluxo e contato de funcionários.
  19. Nos restaurantes e áreas de alimentação o reforço da higienização dos utensílios, equipamentos e superfícies, evitando ao máximo a manipulação direta dos alimentos por clientes e colaboradores, no caso de existir buffet deverá manter um atendente para servir o alimento ao cliente.
  20. Manter mesas e estações de trabalho com espaçamento de 2m entre elas, e diminuir a capacidade máxima de lotação para 50% do APPCI, garantindo o distanciamento pessoal.
  21. O empreendimento deve garantir um distanciamento de 2m entre os clientes que aguardam para ingressar no estabelecimento, seja através de fila, com marcação no chão ou alguma outra forma de indicar o local.
  22. Ao limpar o estabelecimento dar preferência para limpeza úmida, passando pano ao invés de varrer evitando que a poeira espalhe o vírus.
  23. Dar preferência para entrada e circulação de ar natural, mantendo portas e janelas abertas, caso não seja possível, manter os filtros e dutos de ar condicionado limpos.
  24. A desinfecção sempre após o uso de piscinas, jacuzzis e equipamentos existentes em SPA de acordo com o protocolo interno do estabelecimento.
  25. Orientar os funcionários que a remoção da roupa de cama e toalhas deve ser feitas sem agitar ou sacudir, enrolando-a no sentido de fora para dentro, sem encostar ao corpo e transportando-a diretamente para a máquina de lavar. Lavagem em separado na máquina e a temperatura elevada da roupa de cama/toalhas (cerca de 60ºC) e orientá-los também a seguir o mesmo procedimento com os uniformes.
  26. As agências de viagens, hotéis, pousadas, guias de turismo, deverão enviar preferencialmente de forma digital aos seus clientes as orientações e informações das regras que estão sendo aplicadas no Município, bem como das regras do seu estabelecimento.
  27. As agências de viagens, hotéis, pousadas, guias de turismo deverão observar se seus parceiros envolvidos nos passeios vendidos estão seguindo as recomendações e protocolos de higienização para garantir a proteção de seus clientes Esses procedimentos foram orientados conforme Decretos do Município e protocolos do Ministério da Saúde e poderão ser alterados de acordo com a evolução dos casos de Coronavírus/COVID-19.

Modelo de distanciamento RS

Bento Gonçalves foi classificada com a cor Laranja no dia 9 de maio. Neste documento em anexo segue todo modelo de distanciamento que nossas empresas precisam seguir para podermos estar operando. Entretanto, esta posição pode melhorar e colocar nossa cidade na cor Amarela, o que flexibilizaria ainda mais nossas condições de trabalho. O modelo é flexível e pode mudar constantemente. Vamos juntos vencer.

Sindilojas Regional Bento busca flexibilização dos provadores

Entidade atua com a Fecomércio-RS para conseguir junto ao Governo do Estado protocolos que permitam o uso de provadores nos estabelecimentos comerciais

Apesar da reabertura do comércio de Bento Gonçalves no dia 16 de abril, alguns segmentos do varejo enfrentam sérias dificuldades para vender devido a proibição do uso de provadores, afetando, principalmente, empresas do vestuário e de calçados. Os lojistas alegam que não tem como vender sem que haja a prova da peça. Diante disso, o Sindilojas Regional Bento, juntamente com a Fecomércio-RS, vem atuando junto ao Governo do Estado para a flexibilização do uso dos provadores.

“Nossa expectativa é que até segunda, 4 de maio, o governador Eduardo Leite apresente um novo decreto com protocolos para a higienização das superfícies e uso de Equipamentos de Proteção Individual”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio. O pedido foi reforçado pelo presidente da Federação, Luiz Carlos Bohn, na reunião do Comitê de Crise realizada hoje.

O que se sabe é que a flexibilização deverá respeitar a relação entre a demanda e a capacidade de leitos de cada lugar. O confronto destes dois fatores é que vai nortear a decisão, dependendo de como o vírus está evoluindo e afetando os grupos de risco em cada região. Por isso, os cuidados com higiene e uso de EPIs é extremamente importante. “Não podemos relaxar. Cada detalhe deve ser seguido à risca”, frisa Amadio.

A flexibilização pode evoluir ou regredir, dependendo da situação.