fbpx

Sem categoria

Sindilojas alerta associados para golpes na Internet

Entidade desenvolveu dois e-books exclusivos para alertar empresas e comunidade

 

O aumento no número de golpes pela Internet, especialmente em relação a clonagem de WhatsApp, levou o Sindilojas Regional Bento a desenvolver mais dois E-Books reunindo informações importantes sobre os cuidados que empresários e consumidores devem ter ao usar essas ferramentas.

 

O primeiro, ‘Como evitar crimes pelo WhatsApp’, já está sendo enviado às empresas associadas com o objetivo de alertar os lojistas e suas equipes, assim como clientes, sobre alguns casos que vêm ocorrendo e como se tornar imune a eles. “A dependência do WhatsApp atraiu a atenção de criminosos que arquitetam golpes para roubar dinheiro, obter informações e praticar outros crimes. É muito importante ficar atento a essas dicas simples, mas que podem evitar grandes transtornos e prejuízos”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento.

 

O material didático, de fácil compreensão, é um compilado de informações para saber se o WhatsApp foi clonado, como restaurá-lo, o que fazer neste caso, como se proteger, além de trazer versões alternativas de aplicativos e dicas sobre cupons e descontos faltos, além de outras armadilhas.

 

O segundo ‘Como evitar fraudes pela Internet’ traz um problema que aumentou significativamente, ainda mais agora com a pandemia, período em que empresas e consumidores têm se utilizado de diversas ferramentas para se informar, pesquisar, comprar e vender. Entre as principais dicas está a cautela em relação a promoções mirabolantes, além de chamar a atenção para a idoneidade do canal, contatos, certificação digital, textos corretos, reputação da empresa, indicações, dispositivos seguros e comprovante à mão.

 

Desde o início da pandemia, o Sindilojas Regional Bento já criou cinco e-books com o objetivo de auxiliar seus associados em diversas frentes para o enfrentamento.

 

E-Books

Como vender mais pelo WhatsApp

Vendas pelo WhatsApp Business

Como Vender em Tempos de Covid-19

Como evitar crimes pelo WhatsApp

Como evitar fraudes pela Internet

Coronavírus – Serra Gaúcha ganha mais autonomia com novo Decreto Estadual

Gestão compartilhada no enfrentamento a Covid-19 reconhece esforços dos municípios, beneficiando a flexibilização do comércio que luta para driblar o momento

 

“Ganhamos uma injeção de ânimo”, comemora o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, ao se referir ao Decreto Estadual Número 55.435, anunciado pelo Governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, nesta terça, 11 de agosto. O texto traz alterações que não atendem 100% dos pleitos do varejo, mas que contemplam parcialmente os pedidos formulados pelas entidades representativas, o que já é um alento para quem passa a ter maior flexibilização do negócio, podendo manter as portas abertas mesmo que com protocolos de segurança em ação.

 

“Agora podemos trabalhar de forma mais unida na cidade, com menos dependência do Estado, que segue atestando a liberação. Tenho certeza que esta conquista é simplesmente o reconhecimento dos esforços de Bento Gonçalves e municípios do entorno, que trabalham incessantemente no enfrentamento ao novo Coronavírus, garantindo um sistema de saúde melhor para todos que precisam”, destaca Amadio.

 

O Decreto mantém a classificação de zoneamento para o distanciamento controlado, assim como reitera a declaração de estado de calamidade público, mas traz algumas mudanças. Uma delas é a maior autonomia aos municípios, permitindo a criação de protocolos regionais, desde que aprovados por dois terços dos integrantes e que contenha um plano estruturado de prevenção e enfrentamento à pandemia. Ambos devem vigorar por meio de Decreto Municipal.

 

ALTERAÇÕES DO DECRETO ESTADUAL Nº 55.435

  1. A região COVID deverá criar protocolo regional para ser utilizado por todos os Municípios da área, mediante a aprovação de 2/3 dos integrantes, contendo ainda plano estruturado de prevenção e enfrentamento à epidemia (modelo técnico padrão).
  2. Os protocolos e o plano deverão vigorar no Município por meio de decreto, cujo conteúdo será formulado por equipe técnica capacitada de âmbito regional.
  3. Remessa do plano ao COE, que não tem previsão de recebimento, veto, alteração ou qualquer outra medida em relação ao conteúdo definido pelas regiões.
  4. Estado manterá sua rotina de bandeiras semanais e a região pode absorver a indicação da coloração ou adotar seus protocolos próprios com bandeira anterior a divulgada pelo Governo. Ex.: Estado divulga bandeira vermelha e região delibera usar seus protocolos próprios para bandeira laranja, que não podem ser mais flexíveis do que a laranja do Estado.
  5. A região pode adotar critérios mais restritivos em áreas específicas por decisão previamente estabelecida no plano/protocolo, caso constatada a necessidade.
  6. Os municípios podem seguir o protocolo das bandeiras do Estado ou os protocolos das bandeiras da regional Covid. Se o Município entender melhor, pode ser ainda mais restritivo que o Estado e a região.

WhatsApp Business – E-Book Volume 2 ainda mais didático

Gratuita para associados, ferramenta dá o
passo a passo para quem deseja usar o aplicativo para incrementar as vendas

Recursos
exclusivos para vender e sem custo. Este é o principal chamariz do WhatsApp
Business, que vem sendo adotado por grande parte das micro e pequenas empresas.
O aplicativo gratuito para download permite criar catálogo para exibir produtos
e serviços, conectando a empresa com seus clientes de um jeito fácil, com
recursos capazes de automatizar, classificar e agilizar as relações e, consequentemente,
as vendas. Alinhado com as novas tendências do comportamento do consumidor,
ainda mais em tempos de pandemia, o Sindilojas Regional Bento está
disponibilizando aos seus associados de forma gratuita um E-Book específico
para quem deseja utilizar o WhatsApp Business para vender mais.

O
Volume 2, ainda mais didático, ensina o lojista a instalar o aplicativo,
mostrando o passo a passo da operação de maneira simples e didática. São 12
passos ilustrados com imagens de cada tela. O WhatsApp é o novo canal de
E-Commerce, além de ser o aplicativo de mensagens mas utilizado atualmente no
mundo. “Toda mudança gera conflito, mas quanto mais resistirmos a ela, mais
tempo estaremos perdendo, deixando de vender. Precisamos inovar, estar em todos
os canais possíveis, oferecendo aos nossos clientes mais opções de uma forma
facilitada”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio.

O
Volume 1, compartilhado há 15 dias, esclarece qual a melhor versão para cada
negócio, apresentando oito super dicas que contemplam temas como WhatsApp Web,
respostas automáticas e etiquetas, criação de catálogos, grupos e listas de
transmissão, cuidados com o spam, construção de audiência, como criar uma
campanha de vendas e uso de gatilhos mentais de vendas. O material está sendo
enviado pelo whats e por e-mail a todos os associados.

Sete
funções úteis do WhatsApp Business

Conta
comercial com localização do negócio

Catálogo
de produtos

Mensagem
de ausência e mensagem de saudação

Respostas
rápidas

Etiquetas
para organizar conversas

Conferir
estatísticas de mensagens

Botão
para começar conversas em anúncios

Comércio pode operar com tele entrega na Bandeira Vermelha

Conquista é da Fecomércio-RS que, mesmo lamentando não ser ouvida pelo Governo do RS em outras reivindicações, amplia possibilidades para o setor

Luiz Carlos Bohn e Daniel Amadio

Mesmo insatisfeita com a falta de atendimento pelo Governo do Estado do Rio Grande do Sul para todas suas demandas, a Fecomércio-RS tem o que comemorar. Incansável na luta por uma maior flexibilização do comércio varejista não essencial, a entidade recebeu ontem a notícia de que a tele entrega passa a ser aceita na Bandeira Vermelha. O Sindilojas Regional Bento, que integra o movimento da Federação, avalia como positiva a conquista ao mesmo tempo em que se mantém firme nessa empreitada de seguir batalhando pela defesa do comércio de bens, serviços e turismo.

“Somos parceiros e apoiadores em todas as ações do Governo do Estado. Nossas empresas estão aplicando de forma rigorosa a utilização de todos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs), zelamos pelo distanciamento interpessoal e pelo controle do fluxo de pessoas, dos limites de capacidade e da higienização constante dos estabelecimentos. Não existe evidências de que o aumento recente de internações por Covid-19 vem sendo causado pela circulação de pessoas em estabelecimentos empresariais. Com a aplicação de todos os protocolos, temos condições de atuar com pelo menos 25% de nossa capacidade total mesmo na Bandeira Vermelha”, lamentou em vídeo dirigido ao Governador Eduardo Leite, o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, que garantiu, ainda, que as empresas não sobreviverão neste abre e fecha intermitente. “O setor também é vítima da Covid. Estamos conscientes das nossas responsabilidades com a saúde”, frisou.

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, vê a mudança como uma conquista, mesmo que ainda esteja longe de atender as principais demandas feitas pelo setor. Entretanto, entende que já é um avanço. “Bento e região seguem na Bandeira Laranja e estamos trabalhando rumo à Amarela, mas já vivemos a triste experiência da Bandeira Vermelha e não queremos mais voltar para esta situação”, destaca.

Na avaliação da Fecomércio-RS, uma restrição a 25% da capacidade de atendimento, sem diferenciação específica para o número de funcionários, seria uma medida mais razoável para o controle da pandemia, aliada a um maior rigor na fiscalização das aglomerações em outros ambientes. A entidade solicita ainda que seja feito um estudo sobre como estão ocorrendo as contaminações, para que as ações de combate à pandemia sejam mais eficazes e não prejudiquem injustamente um setor que está tomando todos os cuidados indicados para a prevenção da doença. 

Os 45 anos do Sindilojas

Fatos mais relevantes dessa trajetória serão contados em exposição histórica itinerante

Há exatos 45 anos, nascia o Sindilojas de Bento Gonçalves. Gerada por um grupo de amigos, também empresários do comércio, a entidade trouxe a tão desejada representatividade ao setor, além da independência para questões quanto a relação capital e trabalho. Nestor Ângelo Arioli (in memoriam), Gentil Theophilo Pompermayer, Gilberto Zandoná, Ildoíno Pauletto, Décio Ferrari, Plínio Mejolaro, Jovino Antônio Demari e Daniel Amadio formam o seleto grupo de presidentes que conduziram os 45 anos da entidade. Amadio, a frente da entidade desde 2014, reverencia e dá continuidade ao trabalho de seus antecessores na construção da imagem do sindicato.

Atingindo a marca de mais de 700 associados e mais de 100 serviços e convênios, o Sindilojas Regional Bento atua hoje com uma base territorial que abrange 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul). Entre as ações que integram as comemorações do 45º aniversário está a realização do 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (36º CNSE) que será de 23 a 25 de novembro, reunindo cerca de mil dirigentes de todo o país. Mais de 700 já estão inscritos para o evento que será um chamado a despertar para as novas práticas do setor, ainda mais em tempos de pandemia.

A ação ‘Bento é Super’, com 104 pontos de coleta de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza para o enfrentamento da Covid-19 na cidade também integra a programação dos 45 anos, assim como o desenvolvimento do e-book ‘Como vender mais pelo WhatsApp’, um guia prático e gratuito para ajudar os associados. Compondo o mix de serviços e convênios, o Sindilojas se diferencia com produtos como o Banco Vip, o SCPC, a Campanha ‘O reflexo da pirataria é o crime’, o Programa SOUSINDI para Crescer e especialmente as negociações em torno das Convenções Trabalhistas. Integrando a entidade está o Sindijovem, liderado por Cláudia Alberici Pinto, que, entre tantas ações beneficentes e de qualificação, é reconhecido pela realização anual do Troféu Empreendedor Jovem, evidenciando empresários das 11 cidades.

Homenagem itinerante

As comemorações dos 45 anos do Sindilojas teriam seu ponto alto no lançamento de uma exposição histórica itinerante, que aconteceria justamente hoje, 24 de junho, reunindo diretores, ex-presidentes, lideranças e imprensa. Entretanto, em razão da pandemia, o evento, que seria realizado no Salão Nobre da Prefeitura, foi adiado, sem data ainda definida. Daniel Amadio assegura que assim que a situação permitir o evento será agendado. A Exposição começará pela Prefeitura, seguindo, entre outros locais, pela Câmara de Vereadores, Sindilojas, Senac, SESC, Fecomércio-RS. “O Sindilojas é feito por pessoas. São elas que dão vida a um propósito coletivo. Por isso, não poderíamos deixar de prestar esta homenagem. Foi com elas que o varejo cresceu e se fortaleceu, construindo uma história que marcou empresas e pessoas”, destaca o presidente.

Outro evento alusivo à data que segue sem data é a entrega da Portaria de Louvor e Agradecimento concedida pela Câmara de Vereadores. A honraria foi aprovada por unanimidade na sessão plenária do dia 8 de junho. O projeto é de autoria do vereador Volnei Cristófoli.

UM POUCO DA HISTÓRIA RELEMBRADA POR SEUS DIRIGENTES

O início

Nestor Ângelo Arioli (in memoriam) – Gestões 1975/1976, 1976/1977, 1977/1979 e 1979/1983

Era 24 de junho de 1975.

De encontros ocasionais entre amigos, também empresários do comércio, nascia a Associação Profissional do Comércio Varejista de Bento Gonçalves. Havia a necessidade de uma maior representatividade diante do desenvolvimento de Bento Gonçalves e o desejo de não mais depender das determinações da Convenção Coletiva de Trabalho de Caxias do Sul.

O mesmo grupo estimulou a criação do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC-BG), evitando o deslocamento até Caxias do Sul a cada rescisão trabalhista.

Os mentores

Nestor Ângelo Arioli (in memoriam), gerente da então Gráfica Bento Gonçalves Ltda

Ulisses De Gasperi, diretor da Ferragens Planalto S/A

Hilário Caetano Pozza, gerente da Irmãos Pozza Ltda

Grupo de empresários: Jayme Pooli, Plínio Mejolaro, Ildoino Pauletto, Luiz Pasini, Delmar Demari e Gentil Theopilo Pompermayer. Também integraram o grupo Beder Koff, João Baptista Fianco, Livio D’Arrigo, Ibanor Milan, Júlio Gehlen e Orlando Tolotti, todos já falecidos.

A continuidade

Gentil Theopilo Pompermayer – Gestões 1983/1986 e 1986/1989

Já na década de 1980, o Sindilojas seguia exclusivamente seu propósito inicial de atuar com força representativa nas negociações trabalhistas. Esta era a finalidade básica da entidade, criado com este objetivo, uma vez que a realidade da cidade era bem diferente da de Caxias do Sul. Mesmo modesta, a sede própria atendia as necessidades da época. Uma secretária exercia suas funções numa pequena sala na Galeria Central. As demandas também eram atendidas com o trabalho de um contador, além da dedicação do presidente com 2 horas de expediente no Sindicato.

Os associados já podiam contar com assistência jurídica, auxiliando nas negociações entre empregados e empregadores. Com a criação da Junta do Trabalho na cidade, o Sindilojas passou a ser membro ativo na defesa dos interesses do varejo. Foi neste período que ocorreu a primeira greve estadual de comerciários, colocando Bento Gonçalves como ponto de experiência. Participantes obstruíram as fechaduras das lojas para forçar o comércio local a aderir a paralisação. Ação durou um dia e foi um fracasso

A inovação

Gilberto Zandoná – Gestões 1989/1992 e 1992/1995

Num período em que ainda era proibido abrir o comércio ao sábado à tarde, a necessidade de criar novidades para a sustentabilidade da entidade era vital. Foi então que a partir de convênios, especialmente na área da saúde com médicos, dentistas e laboratórios. A realização de cursos em parceria com o Senac, atraindo a adesão de profissionais da região, o plano de saúde Tacchimed e serviços como cópias Xerox, também fortaleceram a entidade que saltou de 40 para 120 associados.

Até uma rifa foi feita, resultando na aquisição de outra sala comercial, dobrando a estrutura física que era limitada. Também veio a contribuição federativa, decisiva para o custeio do sindicato e ampliação da equipe. O trabalho ia de vento em popa e a entidade aprova a possibilidade de reeleição. A Via Del Vino nasce neste período. A bandeira era a da liberdade para trabalhar.

A coragem

Ildoino Pauletto – Gestões 1995/1998 e 2000/2004

Com a evolução de Bento Gonçalves, o Sindilojas também precisava avançar, ocupando sua posição de dever e de direito na região e no Estado. Para isso, era necessário uma verdadeira transformação, começando por uma nova sede, que foi um marco na história do Sindilojas. A falta de recursos não foi empecilho, exigindo ainda mais poder de gestão e criatividade. Ideias fervilhavam, o planejamento passou a fazer parte da rotina produtiva e muito mais do que interlocutora, a entidade ganhou uma representatividade que alcançou cadeira na Fecomércio.

Convictos de que somente uma entidade forte é capaz de gerar valor e orgulhar seus representados, com a nova casa veio também uma nova era. A estrutura invejável multiplicou o quadro social, apoiado também nos novos serviços e produtos como a telefonia e os cursos permanentes, além da entrada de Valério Pompermayer como Executivo. Surge o Sindijovem, primeiro no Estado, e a certeza de que o essencial são as pessoas.

O aperfeiçoamento

Décio Ferrari – Gestão 1998/2000

Ao chegar nos anos 2000 veio o desafio de desenvolver o comércio de forma organizada, com propósitos comuns e projetos sustentáveis. Com planejamento surge o Pró-Comércio, um programa que revolucionou o setor, ampliando horizontes e fortalecendo entidade e associados. De forma coletiva, este trabalho integrou entidades e Poder Público para pensar, discutir e definir ações em conjunto para o comércio da cidade. Pela primeira vez aspectos como fachadas e vitrines entram na pauta do setor como pontos estratégicos.

Muito treinamento passou a fazer parte do cronograma da entidade que bem estruturada, com salas para cursos, reuniões e palestras, ganhou movimento e uma dinâmica nunca antes vivida. Com o aperfeiçoamento do trabalho associativo surge também a compreensão da importância da formação ainda na infância. O Sindi Mirim é criado, também de forma pioneira no Estado.

A consolidação

Plínio Mejolaro – Gestão 2004/2007

Com o planejamento do setor alinhado e a entidade estruturada chega o momento de tirar as ideias do papel. Surge, então, o Projeto Viva Bento que, além de integrar as entidades afins, também torna realidade um sonho antigo: a revitalização do quadrilátero central com a restauração da Via Del Vino, um dos principais pontos turísticos da cidade, atraindo mais investidores para o local.

A cidade ganhou placas de sinalização mais modernas, as feiras itinerantes passaram a ser proibidas e o estacionamento rotativo eletrônico foi implementado. A estabilização financeira do sindicato veio com a criação do Banco Vip, serviço de atendimento bancário mais ágil e seguro na sede da entidade, além da ampliação dos convênios de telefonia.

O amadurecimento

Jovino Antônio Demari – Gestões 2007/2010 e 2010/2014

Todo crescimento passa por um amadurecimento. No Sindilojas, este processo sempre esteve alinhado com os anseios da sociedade. Consolidado, o sindicato precisava de um produto que completasse a rede de serviços ao associado, tornando-o ainda mais parceiro das empresas. Foi aí que a entidade assinou convênio com o SCPC Boa Vista, através da CDL Porto Alegre, parceria que mantém até hoje. Os serviços bancários com o Sicredi também se fortaleceram, proporcionando acesso e atendimento vip às empresas.

Comprometida e envolvida com a comunidade, abraçou o Consepro atuando na arrecadação de valores para fazer frente às necessidades e ampliar a estrutura de segurança na cidade. A forte atuação na área, trouxe a presidência do Consepro e cadeira na Secretaria de Segurança do Estado, quando foi criada a Feconsepro. Foi neste período que Bento viu nascer a vaga rotativa.

O reconhecimento

Daniel Amadio (Atual Presidente) – Gestão 2014/2018 e 2018/2022

Com efetiva participação setorial e comunitária, além de articulação política, o Sindilojas Regional Bento chega a seus 45 anos com uma oferta de mais de 100 produtos, serviços e convênios. Esta performance ampliou em mais de 50% o número de associados nos últimos anos, ultrapassando as 600 empresas. Com a desobrigatoriedade da contribuição sindical, a rede de benefícios tem sido determinante para a sustentabilidade da entidade.

Como um braço da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), o sindicato tem cadeira na vice-presidência com Daniel Amadio atuando fortemente também na coordenação da Comissão de Combate à Informalidade no Estado. O trabalho de conscientização ganhou uma campanha própria, criada pelo Sindilojas. ‘O Reflexo da Pirataria é o Crime’, compartilhada por outros sindicatos, chama a atenção para o perigo dos produtos pirateados que ajudam a alimentar a violência no Brasil, fomentando o tráfico de drogas, armas e até de pessoas.

Com base territorial em 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul), a entidade tem voz ativa na sociedade.

A legitimidade e credibilidade conquistadas pela gestão premiam a entidade com a realização, inédita em Bento Gonçalves, do 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), com a presença de mais de 1.000 dirigentes de todo o país.

Diretoria Gestão 2019-2022

DANIEL AMADIO – Presidente

RAFAEL MEJOLARO DE COSTA – 1º Vice-Presidente

GABRIELA ZANCHET JORGE – 2º Vice-Presidente

ILIANE FRANCESCHINI BERTINATTO – 3º Vice-Presidente

ROBERTA MILANI – Vice Presidente de Finanças e Patrimônio

CLARICE FÁTIMA ZORTÉA – Vice Presidente Administrativa

LADI MARCON RAMPANELLI – Diretora de Finanças e Patrimônio

SÉRGIO REIS DA SILVA – Diretor Administrativo

DANIEL BILIGRÃ DAL MAGRO – Diretor do Cons. Rel. Trabalho

RAFAEL DALAVEQUIA – Vice-Diretor do Cons. Rel. Trabalho

GUSTAVO LUIS ZANATTA – Diretor do Cons. de Des. Prod. e Serviços

GISELE GHENO – Vice-Diretora do Cons. Des. Prod. e Serv.

IZABEL CRISTINA PRIOR – Diretora do Cons. Formação Empresas

JOVIANE MENEGHEL – Diretora do Cons. de Eventos e Promoções

IRIA GIORDANI GAZOLLA – Diretora Cons. Micro e Peq. Empresas

Conselho Fiscal

PLINIO MEJOLARO, DÉCIO FERRARI, JOVINO ANTÔNIO DEMARI e GENTIL T. POMPERMAYER

Suplentes

MARTA WEBBER DE BACCO

MARINÊS RAMPON

Diretores Suplentes

LÊNIO ZANESCO

INELVE SALETE ZEN MUNARI

Foto Daniel Amadio – Crédito: Divulgação Sindilojas

Foto da cidade em 1975 – Crédito: Estúdio Zanchetti

O poder solidário do Sindijovem e da UCS FM

‘Bento é Super’ e ‘Caminho do Bem UCS FM’ se unem neste sábado, 27, na Via Del Vino, para recolher alimentos e produtos de limpeza

Integrando as comemorações dos 45 anos do Sindilojas Regional Bento e a ação ‘Bento é Super’, a diretoria do Sindilojas Jovem de Bento Gonçalves vai pra Via Del Vino neste sábado, 27, das 10h às 15h, para participar da ação solidária ‘Caminho do Bem UCS FM’. Os jovens vão colocar em ação todo poder solidário para arrecadar alimentos não perecíveis e produtos de limpeza que serão entregues à Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (SEDES) para compor cestas básicas distribuídas a entidades beneficentes e famílias da cidade.

A população pode fazer a doação sem sair do carro. Uma equipe formada por diretores do Sindijovem, além de comunicadores da rádio, estará no local para receber as doações. A ação será transmitida ao vivo pela UCS FM. A presidente do Sindijovem, Cláudia Alberici Pinto, convida a comunidade a participar. “A demanda por cestas básicas para famílias que estão enfrentando dificuldades na cidade, além de entidades beneficentes, triplicou devido aos problemas gerados pela pandemia. A SEDES entregava, em média, 300 cestas por mês. Com a Covid-19 esta quantidade ultrapassou as mil unidades em 30 dias. O poder solidário vem de cada um e faz toda diferença. Neste sábado Bento tem compromisso com todos. Seja um herói de verdade e faça sua doação”, enfatiza.

As pessoas que doarem participarão do sorteio de brindes. Empresas interessadas em participar com doações podem contatar com os realizadores – UCS FM e Sindijovem – ou aderir à ação no local.

AÇÃO SOLIDÁRIA ‘BENTO É SUPER’ + ‘CAMINHO DO BEM UCS FM’

Quando? 27 de junho de 2020

Horário: das 10h às 15h

Local: Via Del Vino

O que doar? Alimentos não perecíveis e produtos de limpeza (água sanitária, sabão e sabonete)

Realização: UCS FM e Sindijovem de Bento Gonçalves

VENDAS PELO WHATSAPP: Sindilojas cria e-book para ajudar associados

Ferramenta é um guia prático que ensina como vender pelo WhatsApp

O aplicativo que está nas mãos do consumidor – o WhatsApp – é uma importante e decisiva ferramenta para se relacionar e vender mais. Em tempos de pandemia, ele ganha ainda mais espaço como aliado das micro e pequenas empresas, principalmente. Para ajudar o comércio local a enfrentar este difícil momento, o Sindilojas Regional Bento criou o e-book ‘Como vender mais pelo WhatsApp’. O guia prático está sendo disponibilizado gratuitamente aos associados.

“O mundo mudou e a gente precisa mudar junto. Este e-book reúne dicas e ensina de forma prática como usar o WhatsApp para aumentar as vendas e fortalecer o relacionamento com os clientes. São muitas as alternativas e a praticidade é um fator a ser considerado”, destaca o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio. Com o WhatsApp, aplicativo de mensagens mais utilizado no mundo hoje, é possível disponibilizar informações, atender de forma online, vender e cadastrar clientes. É o novo canal de E-Commerce.

O conteúdo esclarece qual a melhor versão para cada negócio e traz informações sobre o WhatsApp Pay, função de pagamento que permite transferir dinheiro e fazer compras usando cartões de débito ou crédito de instituições financeiras parceiras. Inicialmente, a lista inclui Sicredi, Banco do Brasil e Nubank nas bandeiras Mastercard e Visa.

Além disso, o e-book traz oito super dicas que contemplam temas como WhatsApp Web, respostas automáticas e etiquetas, criação de catálogos, grupos e listas de transmissão, cuidados com o spam, construção de audiência, como criar uma campanha de vendas e uso de gatilhos mentais de vendas. O material está sendo enviado pelo whats e por e-mail a todos os associados.

Rumo à Bandeira Amarela

“Bento Gonçalves pode mais. O que fizemos em uma semana é exemplo e serve de motivação para seguir nesta força-tarefa”, comemora Daniel Amadio

“Ao ampliar a estrutura de leitos para o tratamento da Covid-19 e, com isso, ter uma capacidade maior de salvar vidas, estamos atuando diretamente na recuperação da economia. As duas coisas andam juntas e o engajamento das empresas, entidades e Poder Público Municipal foi decisivo para retornar à Bandeira Laranja. Mas Bento pode mais e esta última semana nos mostrou isso. Se cada um fizer a sua parte pensando no bem coletivo, todos sairão ganhando. Está nas nossas mãos. Então, vamos fazer o nosso tema de casa e ajudar o colega, o vizinho, a fazer o mesmo. A hora é de solidariedade, persistência e resiliência”, defende o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio.

Mesmo celebrando o retorno à Bandeira Laranja, o Sindilojas entende que é impossível haver relaxamento dos cuidados. Neste sentido, a entidade vem atuando no sentido de conscientizar lojistas e comerciários dos protocolos a serem seguidos com responsabilidade. “Vamos abrir as portas nesta terça-feira e fazer o melhor, da segurança ao atendimento. É uma conquista da cidade. Não podemos parar. Não estamos aliviados, estamos ainda mais empenhados em seguir firmes e fortes porque precisamos garantir a sobrevivência das nossas empresas. Por isso, nossa ação carrega o nome de ‘Bento é Super’, pois sabemos que só depende de nós, de cada cidadão que mora em Bento Gonçalves. Se cada um fizer a sua parte, sairemos desta pandemia muito mais fortes”, destaca. A ação alcançou 104 pontos de coleta. Em uma semana já foram recolhidas pela Secretaria de Esportes e Desenvolvimento Social (SEDES) mais de 100 quilos de alimentos não perecíveis, que comporão cestas básicas, além de produtos de limpeza como água sanitária, sabão e sabonete.

A entidade chama a atenção dos associados para o cumprimento dos protocolos e recomendações preventivas para a Bandeira Laranja, conforme o modelo de Distanciamento Controlado no Rio Grande do Sul, estabelecidos pelo Governo do Estado. Cabe a cada empresário conscientizar sua equipe, pois o cumprimento é individual, mas as consequências são coletivas. “Depois de tudo o que vivemos este ano, todo nosso esforço deve ser guiado para conquistar a Bandeira Amarela”, conclui.

DECRETO Nº 55.310 – Governo do Estado do RS

DECRETO Nº 55.310, DE 14 DE JUNHO DE 2020. Determina a aplicação das medidas sanitárias segmentadas de que trata o art. 19 do Decreto nº 55.240, de 10 de maio de 2020, que institui o Sistema de Distanciamento Controlado para fins de prevenção e de enfrentamento à epidemia causada pelo novo Coronavírus (COVID-19) no âmbito do Estado do Rio Grande do Sul, reitera a declaração de estado de calamidade pública em todo o território estadual.