fbpx

“Fechar não é a solução”

“Fechar não é a solução”

Presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, segue buscando formas de flexibilização para abertura do comércio, que não tem mais como manter situação

 

“Não adianta obrigar o comércio a fechar as portas se nas ruas as pessoas andam sem máscara, se nos finais de semana grupos se encontram sem os cuidados necessários, se famílias inteiras saem de casa. O comércio não é foco de transmissão do vírus. Nossas lojas adotaram todas as medidas estabelecidas nos protocolos, indo além do exigido, tornando-se locais plenamente seguros. Agora, precisamos da conscientização das pessoas e nós, do comércio, também estamos atuando neste sentido, informando e pedindo que cada um faça a sua parte”, ressalta Amadio, lamentando a decisão do Ministério Público que suspendeu o Decreto Municipal 10.613, emitido pelo prefeito Guilherme Pasin no dia 31 de julho de 2020.

 

O documento, respaldado na proposição de uma cogestão do Distanciamento Controlado pela Associação dos Municípios da Encosta Superior do Nordeste (Amesne), flexibilizava a abertura do comércio de bens, serviços e turismo, além da educação, criando a ‘Bandeira Intermediária’, entre a Vermelha e a Laranja, com restrições sim, mas permitindo a sobrevivência das empresas e seus empregos. “A pandemia pegou o mundo de surpresa. Nenhum país adotou medidas com 100% de certeza de eficácia. E aqui, no Brasil, o vírus chegou mais tarde, levando a tomar decisões que hoje vemos como precipitadas, ou seja, fechamos muito cedo, colocando em risco a vida de milhares de empresas que agora não têm mais fôlego para se manter”, salienta Amadio.

 

Segundo o dirigente, que também vem atuando fortemente junto à Fecomércio-RS, onde ocupa o cargo de vice-presidente, fechar agora é alimentar um problema ainda maior, sem precedentes. “É muito tempo de portas fechadas e mesmo assim vemos o avanço da pandemia. Agora, precisamos trabalhar, fazer a economia girar, recuperar o tempo perdido para garantir o sustento de nossas famílias. Precisamos manter a vida e a economia”. O Sindilojas está nas ruas com a campanha #OComércioQuerTrabalhar, exposta em cartazes nas vitrines das lojas.

 

Com a expectativa de que a juíza da comarca de Bento Gonçalves, Carina Paula Chini Falcão, reavalie sua decisão, levando em consideração todos os investimentos feitos pelo Poder Público e iniciativa privada no enfrentamento do Coronavírus, o Sindilojas seguirá atuando em diversas frentes, seja em sua base territorial que compreende 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul), seja  nível estadual junto a Fecomércio-RS.

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *