fbpx

Notícias

Exemplo gaúcho de combate à informalidade é compartilhado no Rio

Trabalho realizado pela Fecomércio-RS, através da CCI, é apresentado para a CNC e inspira outras Federações

 

O comércio ilegal no Brasil é uma realidade que não para de crescer. No ano passado, a economia paralela movimentou R$ 1,173 tri (16,9% do PIB) contra R$ 983 bi em 2017. O problema tem sido uma das principais pautas da Fecomércio-RS que, através da Comissão de Combate à Informalidade, vem atuando incansavelmente para atacar de frente o assunto. Pioneira no país, a ação gaúcha foi compartilhada no Rio de Janeiro, no dia 9 de setembro, a convite da Câmara Brasileira do Comércio de Produtos e Serviços Ópticos (CBÓptica), da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

 

O trabalho foi apresentado pelo coordenador da Comissão, Daniel Amadio, também presidente do Sindilojas Regional Bento. Ele relatou que só no Rio Grande do Sul a perda na arrecadação equivale a R$ 5,66 bi somente no ano passado. Segundo ele, dados do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial e do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getúlio Vargas mostram que o valor saltou de R$ 52,7 bi para R$ 76,48 bi de 2017 para 2018. “A pirataria é um assunto que levamos muito a sério. Percorremos o estado conscientizando entidades, poder público e iniciativa privada que, na maioria das vezes, não se dão conta que toda pessoa que adquire um produto falsificado e contrabandeado está alimentando a violência no Brasil. Isso porque grande parte desses produtos chegam pelas mãos de traficantes de armas, drogas e até de pessoas, utilizando rotas e mecanismos similares”, destaca. Junto com Amadio também esteve presente o presidente do SindiÓptica-RS, André Roncatto.

 

O exemplo vem chamando a atenção de outras Federações que já manifestaram interesse em conhecer melhor o trabalho para implantar medidas em seus estados. No Brasil, a Fecomércio-RS é a única a atuar neste sentido e compartilhar esta experiência com outras unidades. “Ficamos felizes em poder inspirar outras Federações a atuar no combate à informalidade. Esperamos poder contribuir e ver surgiu mais braços nesta luta Brasil afora”, avalia Amadio. Mais de 15 entidades gaúchas integram a Comissão, entre elas a Fiergs, Federasul, AGAS, ACPA, FCDL e Procon RS.

 

No dia 12 de agosto, a atuação da Comissão de Combate à Informalidade no RS ganhou voz junto à Assembleia Legislativa com a criação de uma Frente Parlamentar Gaúcha de Combate à Pirataria, uma conquista que dá força ao movimento.

 

Fotos: CNC Divulgação

36 CNSE: Comissão nacional se reúne dia 13 em Curitiba

Agenda está pautada na programação técnica do maior encontro de gestores de sindicatos patronais do varejo, que será de 20 a 22 de maio, em Bento Gonçalves

 

Há nove meses do evento, o 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), que acontecerá de 20 a 22 de maio em Bento Gonçalves numa realização do Sindilojas Regional Bento, já tem data e local definidos, além do hotel e agência oficial e se prepara para lançar o site com abertura das inscrições ainda em setembro. Agora a comissão organizadora se dedica a programação técnica com atenção especial aos temas que serão abordados em palestras, talk show, painéis e apresentação de cases. Esta é a pauta da reunião preparatória agendada para o dia 13 de setembro, em Curitiba.

 

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, participará do encontro que reunirá lideranças de todas as regiões brasileiras. O grupo tem a função de dar parecer sobre a programação técnica e deliberar sobre os assuntos ligados à organização do evento. “Vamos apresentar nossa proposta desenhada a partir da realidade dos sindicatos, suas necessidades e desafios. Queremos montar uma programação com temas relevantes, úteis e de interesse do setor”, destaca.

 

Em maio, ainda quando faltava um ano para o evento, Amadio participou da edição realizada em Fortaleza, com o objetivo de lançar o Congresso, antecipando o convite para os congressistas estarem na Serra Gaúcha em 2020. O apelo foi aceito, inicialmente, por delegações de 10 estados brasileiros (Acre, Amapá, Maranhão, Paraná, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima e São Paulo), que já efetivaram reserva na Rede Dall’Onder, hotel oficial do evento. As comitivas da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e da Fecomércio-RS também já confirmaram participação.

 

Quem participar do evento, além de reciclar informações, também vai viver experiências em torno da cultura do vinho e da imigração italiana. A organização está trabalhando junto com a Giordani Turismo na oferta de atrativos turísticos para congressistas e acompanhantes, a fim de que possam aproveitar a estada para contemplar a história regional. “Estamos organizando um evento para ficar na memória das pessoas. Nossa grande aposta é na comodidade e nas experiências que temos a oferecer, seja na gastronomia, seja nos vinhos e na cultura. Vamos cuidar de cada detalhe para fazer jus a confiança depositada em nós para sediar pela primeira vez o evento”, salienta Amadio.

 

SERVIÇO 36º CNSE

O que? 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais de Bens, Serviços e Turismo (CNSE)

Quando? 20 a 22 de maio de 2020

Onde? Dall’Onder Grande Hotel

Informações: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou lucinara@conceitocom.com.br

Realização: Sindilojas Regional Bento

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

Hotel Oficial: Rede Dall’Onder

Agência Oficial: Giordani Turismo

Temas tributaristas e econômicos na pauta do varejo

#SOUSINDI para Crescer realiza sexta palestra dia 16 falando sobre ICMS-ST, e-Social e Cenário Econômico e Político

 

O Programa #SOUSINDI para Crescer já reuniu mais de 750 pessoas. Foram cinco encontro que trataram de temas motivacionais, de gestão, empreendedorismo, turismo e automação. A palestra de número seis reunirá dois especialistas da Fecomércio-RS no dia 16 de setembro, no Auditório do SESC de Bento Gonçalves, a partir das 19h. A tributarista Tatiane Corrêa falará sobre ‘Cenário do Ajuste do ICMS-ST e Simplificação do e-Social’ e o economista Lucas Aronne Schifino abordará ‘Cenário Econômico e Político’. Ingressos estão à venda e podem ser obtidos pelo telefone (54) 3052.0066.

 

Desenvolvido para qualificar gestores para melhorar o ambiente de negócios e acelerar o desenvolvimento de vantagens competitivas, o programa também busca aproximar o varejista de especialistas e cases referência. Tudo para fortalecer o comércio regional. O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, aposta no projeto como grande impulsionador da busca pelo conhecimento, pela inovação e o desejo de melhor gerir o negócio. “Nosso trabalho também é qualificar e enriquecer o conhecimento do associado. Cada palestra foi pensada, levando em consideração as demandas que observamos no cotidiano”, destaca.

 

O #SOUSINDI para Crescer é o maior programa de qualificação do comércio desenvolvido pelo Sindilojas Regional Bento. Até novembro serão oito encontros em torno de temas diversos. Fabiano Feltrin, Caio Carneiro, Odair Delagasperina, Harry Laube e Ivane Fávero já passaram pelo palco do projeto compartilhando conhecimento. Depois da Tatiane Corrêa e do Lucas Aronne Schifino, que conduzirão a palestra no dia 16 de setembro, será a vez da Monja Coen e de Taíse Klipel Paim.

 

SERVIÇO PALESTRA 16 DE SETEMBRO

O que? #SOUSINDI para Crescer – Palestra ‘Cenário do Ajuste do ICMS-ST e Simplificação do e-Social e Cenário Econômico e Político’

Quando? 16 de setembro de 2019, às 19h

Onde? Auditório do SESC

Palestrantes: Tatiane Corrêa e Lucas Aronne Schifino (Fecomércio-RS)

Valor por pessoa: R$ 20 para Associado e R$ 30 para Não Associado

Informações e ingressos: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou lucinara@conceitocom.com.br

Patrocínio: Sicredi, Mercantec, Vitaseg, Beltrami Contabilidade

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

Troféu Empreendedor Jovem 2019 chega a sua 12ª edição

Trabalhos estão em ritmo acelerado com visitas a 10 municípios que integram a base territorial do Sindilojas Regional Bento

 

Há 12 anos, o Sindilojas Jovem atua na valorização do empreendedorismo regional com a entrega do Troféu Empreendedor Jovem. Quinze empresas de 11 cidades serão reconhecidas pela sua atuação em evento que acontecerá dia 24 de outubro no Centro Empresarial de Bento Gonçalves. O trabalho começa nas bases com visitas às prefeituras de cada um dos municípios com o objetivo de encontrar a indicação que faça jus ao mérito da distinção.

 

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, e a coordenadora do Sindilojas Jovem, Aiala Premaor, passaram por 10 cidades no dia 8 de agosto, sendo elas: Barão, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul. A ação em Bento Gonçalves deverá ocorrer nos próximos dias. Em cada uma delas, foi reforçado o propósito do projeto que tem o envolvimento direto das comunidades na indicação dos nomes a serem agraciados. Esta rotina se repete há anos, fortalecendo a participação regional no evento.

 

Como vice-presidente da Fecomércio-RS e coordenador da Comissão de Combate à Pirataria, Amadio aproveitou cada encontro com os prefeitos para falar sobre o amplo trabalho que vem sendo desenvolvido na luta pelo combate ao comércio ilegal, que acaba de ganhar uma Frente Parlamentar que vai ajudar neste combate no Estado.

 

No evento, 15 empresas serão homenageadas. De Bento Gonçalves, serão cinco distinções: Empresa Mais Antiga, Projeto Social, Destaque Jovem Empreendedor, Destaque no Comércio e Serviços e Destaque na Indústria. As outras 10 premiações contemplarão empresas das cidades que fazem parte da base.

 

Com a distinção, o Sindilojas Jovem não apenas destaca, mas também valoriza o empreendedorismo na região. Empresários que investem em novos negócios e projetos, elevando o nome de sua cidade e ajudando a fortalecer o Comércio, os Serviços e a Indústria serão reconhecidos com o Troféu Empreendedor Jovem 2019, que contempla, ainda, responsabilidade social e aspectos culturais.

 

Para a presidente do Sindilojas Jovem, Claudia Alberici Pinto, a iniciativa nada mais é do que reconhecer aqueles que por mérito se destacam em seus setores. “Sabemos o quanto é difícil empreender, ainda mais com o cenário econômico atual. E homenagear estes empresários é também mostrar exemplos a serem seguidos pelas jovens lideranças”, destaca.

 

SERVIÇO

O que? Troféu Empreendedor Sindilojas 2019

Quando? 24 de outubro de 2019, a partir das 19h30min

Onde? Centro Empresarial de Bento Gonçalves

Ingresso: R$ 120

Informações: 54 3055.2030 ou sindijovem@sindilojasbg.com.br

Combate à Pirataria ganha Frente Parlamentar Gaúcha

Comércio ilegal no Estado chega a R$ 5 bi ao ano

 

A conquista de uma Frente Parlamentar Gaúcha de Combate à Pirataria foi recebida com grande comemoração pelos presidentes da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, e do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que também é vice-presidente da Federação e coordenador da Comissão de Combate à Pirataria junto a entidade. O lançamento ocorreu no dia 12 de agosto, em Porto Alegre.

 

Bohn ressaltou que a conquista é um marco no Legislativo Gaúcho na promoção de ações para combater o comércio informal e ilegal. “É tempo de trabalhar em prol da minimização dos impactos negativos gerados pela comercialização de produtos pirateados, falsificados e contrabandeados. E não é um trabalho fácil, uma vez que envolve problemas de ordem cultural, social e econômica”, frisou.

 

Amadio apresentou alguns dos números da pirataria, reforçando que a perda de arrecadação do ICMS estadual chega a mais de R$ 5 bilhões ao ano. “A economia subterrânea afeta a saúde dos consumidores, o mercado de trabalho e, entre outros problemas, gera desequilíbrio na concorrência com o mercado formal”, apontou.

 

O trabalho do Legislativo com este objetivo tem na liderança o deputado estadual Issur Koch, e conta ainda com a participação dos deputados Any Ortiz, Edson Brum, Sebastião Melo, Sergio Peres e Ernani Polo, que estiverem no evento.

 

O presidente da FNCP (Fórum Nacional Contra a Pirataria), Edson Luiz Vismona, lembrou que o comércio informal é um fenômeno organizado e estruturado, e que precisa ser acabado com método e apoio da sociedade. Na fala de encerramento, o deputado estadual Issur Koch, que preside a Frente Parlamentar, destacou alguns eixos que serão abordados neste trabalho da Assembleia Legislativa, dentre eles a educação, a atualização e melhoria da legislação e a repressão a este crime. “Somente com um trabalho coordenado conseguiremos trazer melhores condições concorrenciais aos empreendedores que constroem suas marcas e têm nos produtos piratas seus maiores entraves”, disse Koch.

Mais fotos do evento podem ser acessadas em https://www.flickr.com/photos/fecomercio-rs/albums/72157710261307707

Automação a serviço do varejo

Palestra com técnico da Intelidata alertou varejistas para se antecipar ao mercado

 

O consumidor quer imediatismo, conveniência, ambientes on-line, lojas físicas interativas e consumo colaborativo. Para acompanhar este comportamento, o varejo precisa se adaptar e a inovação é condição para se tornar mais competitivo diante das constantes mudanças que o mercado apresenta. A automação chega como principal aliada neste processo. O tema guiou a palestra ‘Cenário da Automação no Brasil’, ministrado por Harry Laube, da Intelidata Informática. A quinta palestra do projeto #SOUSINDI para Crescer reuniu lojistas e comerciários no auditório do SESC Bento Gonçalves na noite desta terça-feira, 13 de agosto.

 

No encontro, Laube resgatou cases do varejo como as antigas lojas familiares, a proliferação da venda de cosméticos a exemplo da Avon, a oferta de múltiplos produtos e preços baixos em canais como o Walmart e, por fim, a era digital com as vendas pela internet. Assim, ele falou das transformações do varejo e como a automação chegou e se tornou decisiva para atender o atual consumidor. “Vivemos um período de adaptação. Esta é a primeira vez que o varejo se adapta ao mercado. Antes, as empresas esperavam o mercado fazer para copiar. Hoje isso mudou, o que é muito bom”, destacou.

 

A busca por novidades é fundamental para a sobrevivência das empresas, especialmente do varejo. E a tecnologia é a chave da inovação. Neste sentido, a automação comercial traz métodos e ferramentas para otimizar os processos, facilitando a vida do gestor e dos negócios. A dinâmica do setor vem ditando o mercado e estar atento a tudo isso, antecipando tendências. O uso da automação também permite manter um banco de dados completo e altamente eficaz para ações corporativas estratégicas como mensagens mais direcionadas e relevantes ao consumidor, por exemplo.

 

A próxima palestra do #SOUSINDI para Crescer será com a tributarista Tatiane Corrêa e com o economista Lucas Aronne Schifino, ambos da Fecomércio-RS. Ingressos estão à venda pelo 54 3052.0066 ou 9 9151.0006 e pelo e-mail lucinara@conceitocom.com.br. Associados pagam R$ 20 e não associados R$ 30.

 

SERVIÇO PALESTRA 16 DE SETEMBRO

O que? #SOUSINDI para Crescer – Palestra ‘e-Social e suas Implicações e Cenário Econômico’

Quando? 16 de setembro de 2019, às 19h

Onde? Auditório do SESC

Palestrantes: Tatiane Corrêa e Lucas Aronne Schifino (Fecomércio-RS)

Valor por pessoa: R$ 20 para Associado e R$ 30 para Não Associado

Informações e ingressos: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou lucinara@conceitocom.com.br

Patrocínio: Sicredi, Mercantec, Vitaseg, Beltrami Contabilidade

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

O varejo não pode mais testar o consumidor

Afirmação é da economista-chefe da Fecomércio-RS, Patrícia Palermo, que a convite do Sindilojas Regional Bento palestrou na 6ª Semana do Empreendedor em Bento Gonçalves

 

“Quando a economia não ajuda, o que podemos fazer”? Este foi o tema da palestra ministrada pela economista-chefe da Fecomércio-RS, Patrícia Palermo, na noite desta terça-feira, 6 de agosto, integrando a programação da 6ª Semana do Empreendedor, organizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico de Bento Gonçalves. A convite do Sindilojas Regional Bento, ela compartilhou informações e deu dicas para superar o momento atual.

 

“As oportunidades estão na nossa frente. É preciso olhar para o próprio negócio com outros olhos. Não podemos mais testar o consumidor, pois o comportamento e as relações mudaram e o jeito de vender e fidelizar também precisa mudar. O cliente está muito bem informado, sabe o que quer e muitas vezes conhece muito mais o produto que o próprio vendedor. É preciso focar na necessidade do cliente e não apenas no produto”, destacou ao citar como bons exemplos o Whatsapp, Netflix, Airbnb e Uber.

 

Segundo a doutora em Economia, a crise não pode mais ser a justificativa para os fracassos. “É preciso corrigir os erros. A crise é muito longa e profunda, diferente de todas as outras, e a recuperação é frágil, fraca e lenta. Mesmo as empresas saudáveis acabam sendo contaminadas por clientes e consumidores”, enfatizou. A boa notícia, de acordo com Patrícia, é que estão sendo criados empregos. Este ano, a previsão é de que 500 mil vagas sejam abertas. Porém, existe um gap muito grande de vagas que procuram pessoas que não existem e pessoas que procuram vagas que não existem.

 

A economista ressaltou que a inflação está sob controle com as menores taxas de juros da história, mas que 80% do crédito está nas mãos de apenas cinco bancos brasileiros. Torcendo para que a agenda ande mais rápido e sem polêmicas no governo que possam tirar a atenção das reformas necessárias, Patrícia aponta três alternativas que vêm sendo seguidas, sendo elas: baixar as taxas de juros, privatizar e fazer concessões e liberar o FGTS, tudo para movimentar a economia gerando consumo e, consequentemente, produção.

 

O presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que prestigiou o encontro, salientou a importância de levar o assunto para dentro das empresas. “Os gestores precisam entender o momento e agir adotando medidas compatíveis e aproximar quem entende de quem precisa

 

A 6ª Semana do Empreendedor, que conta com o apoio do Sindilojas Regional Bento, traz como temas centrais a Economia Circular e a Indústria 4.0 com uma programação que inclui cinco palestras e um workshop. A agenda começou na segunda, 5, e segue até sexta, 9, na Fundação Casa das Artes. Inscrições/certificados: http://cursos.bentogoncalves.rs.gov.br/. Informações: 3055.7032.

Sindilojas Bento compartilha sua nova realidade com a Fecomércio-RS

Entidade conta como vem se reinventando para superar os desafios gerados com s as mudanças impostas à classe sindical brasileira

 

O cenário econômico brasileiro vem passando por inúmeras mudanças nos últimos anos, trazendo diversos desafios para a classe sindical diante da Reforma Trabalhista e a mudança de governos. Esta nova realidade e as estratégias que o Sindilojas Regional Bento vem adotando para superar estes obstáculos foram tema da visita do presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn, a Bento Gonçalves, na terça-feira, 23 de julho.

 

Recepcionado pelo presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, que também é vice-presidente da Federação e coordenador da Comissão de Combate à Informalidade, Bohn questionou: “Acabou a contribuição sindical com a reforma trabalhista. Onde nós vamos nos apegar?”. Amadio falou dos serviços oferecidos pelo Sindilojas, que têm mantido a autossustentação do sindicato. Entre eles, convênios médicos, linhas de crédito, consulta ao SCPC, planos de telefonia e serviços bancários que antes eram realizados dentro do banco e, agora, migraram para a internet ou podem ser realizados somente dentro da sede do Sindilojas. No entanto, Amadio explicou que a entidade também tem reforçado a importância da cobrança assistencial e tem emitido a guia a todos os associados, principalmente em função do fechamento da Convenção Coletiva já feita nesse ano.

 

No mesmo dia, Bohn seguiu para Farroupilha e Caxias do Sul, cumprindo agenda na região.

Cenário da Automação no Brasil é o quinto tema do #SOUSINDI para Crescer

Palestra com técnico da Intelidata vai munir lojistas e comerciários com melhores práticas para o varejo. Encontro será dia 13 de agosto

 

O #SOUSINDI para Crescer, idealizado pelo Sindilojas Regional Bento com o objetivo de capacitar o varejo para os novos desafios do varejo, chega a sua quinta palestra. Programado para o dia 13 de agosto, no Auditório do SESC Bento Gonçalves, o encontro será conduzido por Harry Laube, da Intelidata, que vai falar sobre o ‘Cenário da Automação no Brasil’. Ingressos estão à venda pelo 3052.0066 ou pelo www.sympla.com.br.

 

Laube vai apresentar a projeção do desenvolvimento do mercado para os próximos anos numa análise aprimorada das melhores práticas e pontos futuros do varejo em geral, aliado a técnicas e benefícios agregadores para profissionais de diversos segmentos. Além de trazer o histórico, também falará sobre a projeção de crescimento, polarização e investimentos, dados do mercado e Planejado x Realizado, mostrando o quanto a automação tem forte relação com a melhor gestão de cada empresa, otimizando tempo e dinheiro.

 

Associados do Sindilojas pagam R$ 20. Não associados, R$ 30.

 

SERVIÇO PALESTRA 13 DE AGOSTO

O que? #SOUSINDI para Crescer – Palestra ‘Cenário da Automação no Brasil’

Quando? 13 de agosto de 2019, às 19h

Onde? Auditório do SESC

Palestrante: Harry Laube, Intelidata Informática

Valor por pessoa: R$ 20 para Associado e R$ 30 para Não Associado

Informações e ingressos: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou sousindi@conceitocom.com.br

Patrocínio: Sicredi, Mercantec, Vitaseg, Beltrami Contabilidade

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

Sindilojas assina Convenção Coletiva de Trabalho com vigência até 2020

Reajuste de 3,94% reflete o INPC do período, atendendo os interesses da categoria

 

A Comissão de Negociação do Sindilojas Regional Bento assinou nesta quarta-feira, 17 de julho, com o Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC-BG), a Convenção Coletiva de Trabalho 2019/2020. O reajuste de 3,94%, que corresponde ao INPC do período, incide sobre os quatro pisos da categoria, reajuste salarial, bônus e auxílio escolaridade com vigência até 29 de fevereiro de 2020.

 

As demais cláusulas da Convenção anterior não sofreram nenhuma modificação, cuja vigência será até 13 de junho de 2020. Para o presidente do Sindilojas Regional Bento, Daniel Amadio, a negociação foi tranquila e muito mais rápida que a do ano passado que fechou somente em novembro. “Diante do cenário econômico e das mudanças realizadas e previstas na legislação trabalhista optamos por priorizar o índice econômico, atentando, inclusive, para a preservação dos empregos”, destaca.

 

A negociação rege o trabalho nas cidades de Bento Gonçalves, Garibaldi, Carlos Barbosa, Monte Belo do Sul, Santa Tereza e São Valentim do Sul. O Sindilojas chama a atenção dos associados para que atentem aos prazos da negociação cujo documento está disponível no site www.sindilojasbg.com.br.

 

Salário Mínimo Admissional

R$ 1.436,00 – para os empregados que recebem por comissões

R$ 1.323,00 – para os empregados em geral

R$ 1.288 – para os empregados que exerçam as funções de limpeza

R$ 1.253 – para os empregados em experiência por até 60 dias