fbpx

Notícias

O turista decide pelo território, não pela empresa

Ivane Fávero palestrou para grupo de lojistas e comerciários em agenda do #SOUSINDI para Crescer

 

‘Turismo, uma viagem onde o comércio precisa embarcar’. Com esta provocação, o Sindilojas Regional Bento convidou a Mestre em Turismo, Ivane Fávero, para a quarta palestra do ano do programa #SOUSINDI para Crescer. O encontro, realizado ontem no Auditório do SESC de Bento Gonçalves, chamou a atenção do varejo para a necessidade de firmar parcerias com outros segmentos, criando experiências memoráveis e com identidade, aspectos que atraem o turista de hoje.

 

“O turista decide pelo território, não pela empresa. Muito mais que uma rede de atendimento é preciso se ater a uma rede de valores que atendam este novo consumidor atraído por história, cultura, vivências com alma”, destaca Ivane, que assegura que o turista busca uma experiência que gere aprendizado. “A boa infraestrutura, o produto e o atendimento são peças básicas. Para ser competitivo é preciso ter excelência em tudo o que se faz. Pensar a cada instante como podemos fazer melhor para surpreender o visitante”.

 

Se o comportamento de consumo mudou, então é preciso mudar para atender este novo consumidor. E neste sentido a tecnologia também é parte determinante do processo, ainda mais num período em que todo mundo é formador de opinião e tem acesso a informação qualificada. Primeiro, explica Ivane, é preciso identificar que tipo de visitante queremos atrair. O próximo passo é investigar tudo sobre o perfil desse público para, enfim, saber o que e como fazer. “De modo geral, a identidade do lugar é o que atrai o turista. Então, as empresas precisam entender que não basta divulgar o produto. Mais do que isso, é fundamental falar do território, sua alma, e as experiências que ele oferece”, complementa.

 

Justamente por isso é que turismo não se faz sozinho. Parcerias são bem-vindas e exercem total influência sobre o sucesso do destino turístico. E quando a experiência gera aprendizado e envolvimento emocional a significação é ainda maior. “Além de inovar e ser criativo é preciso ter uma boa história. Um destino turístico é consolidado quando há tradição e inovação que gera competitividade, cultura e turismo para se ter um produto turístico e promoção e interação para alcançar o engajamento. E isso tudo acontece quando há união, planejamento e ação”, ressalta.

 

O turismo já representa 10% DO Produto Interno Bruto (PIB) mundial. Um em cada dez empregos são gerados pelo setor. Constatações mostram que mesmo com a crise econômica e institucional as pessoas vão continuar viajando.

 

A próxima palestra do #SOUSINDI para Crescer será sobre Cenário da Automação no Brasil. Harry Laube, da Intelidata Informática, vai conduzir o tema no dia 13 de agosto, apresentando formas que o varejo pode se apropriar para fazer uma melhor gestão do seu negócio, otimizando tempo e dinheiro.

 

SERVIÇO PALESTRA 13 DE AGOSTO

O que? #SOUSINDI para Crescer – Palestra ‘Cenário da Automação no Brasil’

Quando? 13 de agosto de 2019, às 19h

Onde? Auditório do SESC

Palestrante: Harry Laube, Intelidata Informática

Valor por pessoa: R$ 20 para Associado e R$ 30 para Não Associado

Informações e ingressos: 54 3052.0066, 9 9151.0006 (whatts) ou sousindi@conceitocom.com.br

Patrocínio: Sicredi, Mercantec, Vitaseg, Beltrami Contabilidade

Apoio: Fecomércio RS, Senac e SESC

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *