fbpx

Os 45 anos do Sindilojas

Os 45 anos do Sindilojas

Fatos mais relevantes dessa trajetória serão contados em exposição histórica itinerante

Há exatos 45 anos, nascia o Sindilojas de Bento Gonçalves. Gerada por um grupo de amigos, também empresários do comércio, a entidade trouxe a tão desejada representatividade ao setor, além da independência para questões quanto a relação capital e trabalho. Nestor Ângelo Arioli (in memoriam), Gentil Theophilo Pompermayer, Gilberto Zandoná, Ildoíno Pauletto, Décio Ferrari, Plínio Mejolaro, Jovino Antônio Demari e Daniel Amadio formam o seleto grupo de presidentes que conduziram os 45 anos da entidade. Amadio, a frente da entidade desde 2014, reverencia e dá continuidade ao trabalho de seus antecessores na construção da imagem do sindicato.

Atingindo a marca de mais de 700 associados e mais de 100 serviços e convênios, o Sindilojas Regional Bento atua hoje com uma base territorial que abrange 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul). Entre as ações que integram as comemorações do 45º aniversário está a realização do 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (36º CNSE) que será de 23 a 25 de novembro, reunindo cerca de mil dirigentes de todo o país. Mais de 700 já estão inscritos para o evento que será um chamado a despertar para as novas práticas do setor, ainda mais em tempos de pandemia.

A ação ‘Bento é Super’, com 104 pontos de coleta de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza para o enfrentamento da Covid-19 na cidade também integra a programação dos 45 anos, assim como o desenvolvimento do e-book ‘Como vender mais pelo WhatsApp’, um guia prático e gratuito para ajudar os associados. Compondo o mix de serviços e convênios, o Sindilojas se diferencia com produtos como o Banco Vip, o SCPC, a Campanha ‘O reflexo da pirataria é o crime’, o Programa SOUSINDI para Crescer e especialmente as negociações em torno das Convenções Trabalhistas. Integrando a entidade está o Sindijovem, liderado por Cláudia Alberici Pinto, que, entre tantas ações beneficentes e de qualificação, é reconhecido pela realização anual do Troféu Empreendedor Jovem, evidenciando empresários das 11 cidades.

Homenagem itinerante

As comemorações dos 45 anos do Sindilojas teriam seu ponto alto no lançamento de uma exposição histórica itinerante, que aconteceria justamente hoje, 24 de junho, reunindo diretores, ex-presidentes, lideranças e imprensa. Entretanto, em razão da pandemia, o evento, que seria realizado no Salão Nobre da Prefeitura, foi adiado, sem data ainda definida. Daniel Amadio assegura que assim que a situação permitir o evento será agendado. A Exposição começará pela Prefeitura, seguindo, entre outros locais, pela Câmara de Vereadores, Sindilojas, Senac, SESC, Fecomércio-RS. “O Sindilojas é feito por pessoas. São elas que dão vida a um propósito coletivo. Por isso, não poderíamos deixar de prestar esta homenagem. Foi com elas que o varejo cresceu e se fortaleceu, construindo uma história que marcou empresas e pessoas”, destaca o presidente.

Outro evento alusivo à data que segue sem data é a entrega da Portaria de Louvor e Agradecimento concedida pela Câmara de Vereadores. A honraria foi aprovada por unanimidade na sessão plenária do dia 8 de junho. O projeto é de autoria do vereador Volnei Cristófoli.

UM POUCO DA HISTÓRIA RELEMBRADA POR SEUS DIRIGENTES

O início

Nestor Ângelo Arioli (in memoriam) – Gestões 1975/1976, 1976/1977, 1977/1979 e 1979/1983

Era 24 de junho de 1975.

De encontros ocasionais entre amigos, também empresários do comércio, nascia a Associação Profissional do Comércio Varejista de Bento Gonçalves. Havia a necessidade de uma maior representatividade diante do desenvolvimento de Bento Gonçalves e o desejo de não mais depender das determinações da Convenção Coletiva de Trabalho de Caxias do Sul.

O mesmo grupo estimulou a criação do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bento Gonçalves (SEC-BG), evitando o deslocamento até Caxias do Sul a cada rescisão trabalhista.

Os mentores

Nestor Ângelo Arioli (in memoriam), gerente da então Gráfica Bento Gonçalves Ltda

Ulisses De Gasperi, diretor da Ferragens Planalto S/A

Hilário Caetano Pozza, gerente da Irmãos Pozza Ltda

Grupo de empresários: Jayme Pooli, Plínio Mejolaro, Ildoino Pauletto, Luiz Pasini, Delmar Demari e Gentil Theopilo Pompermayer. Também integraram o grupo Beder Koff, João Baptista Fianco, Livio D’Arrigo, Ibanor Milan, Júlio Gehlen e Orlando Tolotti, todos já falecidos.

A continuidade

Gentil Theopilo Pompermayer – Gestões 1983/1986 e 1986/1989

Já na década de 1980, o Sindilojas seguia exclusivamente seu propósito inicial de atuar com força representativa nas negociações trabalhistas. Esta era a finalidade básica da entidade, criado com este objetivo, uma vez que a realidade da cidade era bem diferente da de Caxias do Sul. Mesmo modesta, a sede própria atendia as necessidades da época. Uma secretária exercia suas funções numa pequena sala na Galeria Central. As demandas também eram atendidas com o trabalho de um contador, além da dedicação do presidente com 2 horas de expediente no Sindicato.

Os associados já podiam contar com assistência jurídica, auxiliando nas negociações entre empregados e empregadores. Com a criação da Junta do Trabalho na cidade, o Sindilojas passou a ser membro ativo na defesa dos interesses do varejo. Foi neste período que ocorreu a primeira greve estadual de comerciários, colocando Bento Gonçalves como ponto de experiência. Participantes obstruíram as fechaduras das lojas para forçar o comércio local a aderir a paralisação. Ação durou um dia e foi um fracasso

A inovação

Gilberto Zandoná – Gestões 1989/1992 e 1992/1995

Num período em que ainda era proibido abrir o comércio ao sábado à tarde, a necessidade de criar novidades para a sustentabilidade da entidade era vital. Foi então que a partir de convênios, especialmente na área da saúde com médicos, dentistas e laboratórios. A realização de cursos em parceria com o Senac, atraindo a adesão de profissionais da região, o plano de saúde Tacchimed e serviços como cópias Xerox, também fortaleceram a entidade que saltou de 40 para 120 associados.

Até uma rifa foi feita, resultando na aquisição de outra sala comercial, dobrando a estrutura física que era limitada. Também veio a contribuição federativa, decisiva para o custeio do sindicato e ampliação da equipe. O trabalho ia de vento em popa e a entidade aprova a possibilidade de reeleição. A Via Del Vino nasce neste período. A bandeira era a da liberdade para trabalhar.

A coragem

Ildoino Pauletto – Gestões 1995/1998 e 2000/2004

Com a evolução de Bento Gonçalves, o Sindilojas também precisava avançar, ocupando sua posição de dever e de direito na região e no Estado. Para isso, era necessário uma verdadeira transformação, começando por uma nova sede, que foi um marco na história do Sindilojas. A falta de recursos não foi empecilho, exigindo ainda mais poder de gestão e criatividade. Ideias fervilhavam, o planejamento passou a fazer parte da rotina produtiva e muito mais do que interlocutora, a entidade ganhou uma representatividade que alcançou cadeira na Fecomércio.

Convictos de que somente uma entidade forte é capaz de gerar valor e orgulhar seus representados, com a nova casa veio também uma nova era. A estrutura invejável multiplicou o quadro social, apoiado também nos novos serviços e produtos como a telefonia e os cursos permanentes, além da entrada de Valério Pompermayer como Executivo. Surge o Sindijovem, primeiro no Estado, e a certeza de que o essencial são as pessoas.

O aperfeiçoamento

Décio Ferrari – Gestão 1998/2000

Ao chegar nos anos 2000 veio o desafio de desenvolver o comércio de forma organizada, com propósitos comuns e projetos sustentáveis. Com planejamento surge o Pró-Comércio, um programa que revolucionou o setor, ampliando horizontes e fortalecendo entidade e associados. De forma coletiva, este trabalho integrou entidades e Poder Público para pensar, discutir e definir ações em conjunto para o comércio da cidade. Pela primeira vez aspectos como fachadas e vitrines entram na pauta do setor como pontos estratégicos.

Muito treinamento passou a fazer parte do cronograma da entidade que bem estruturada, com salas para cursos, reuniões e palestras, ganhou movimento e uma dinâmica nunca antes vivida. Com o aperfeiçoamento do trabalho associativo surge também a compreensão da importância da formação ainda na infância. O Sindi Mirim é criado, também de forma pioneira no Estado.

A consolidação

Plínio Mejolaro – Gestão 2004/2007

Com o planejamento do setor alinhado e a entidade estruturada chega o momento de tirar as ideias do papel. Surge, então, o Projeto Viva Bento que, além de integrar as entidades afins, também torna realidade um sonho antigo: a revitalização do quadrilátero central com a restauração da Via Del Vino, um dos principais pontos turísticos da cidade, atraindo mais investidores para o local.

A cidade ganhou placas de sinalização mais modernas, as feiras itinerantes passaram a ser proibidas e o estacionamento rotativo eletrônico foi implementado. A estabilização financeira do sindicato veio com a criação do Banco Vip, serviço de atendimento bancário mais ágil e seguro na sede da entidade, além da ampliação dos convênios de telefonia.

O amadurecimento

Jovino Antônio Demari – Gestões 2007/2010 e 2010/2014

Todo crescimento passa por um amadurecimento. No Sindilojas, este processo sempre esteve alinhado com os anseios da sociedade. Consolidado, o sindicato precisava de um produto que completasse a rede de serviços ao associado, tornando-o ainda mais parceiro das empresas. Foi aí que a entidade assinou convênio com o SCPC Boa Vista, através da CDL Porto Alegre, parceria que mantém até hoje. Os serviços bancários com o Sicredi também se fortaleceram, proporcionando acesso e atendimento vip às empresas.

Comprometida e envolvida com a comunidade, abraçou o Consepro atuando na arrecadação de valores para fazer frente às necessidades e ampliar a estrutura de segurança na cidade. A forte atuação na área, trouxe a presidência do Consepro e cadeira na Secretaria de Segurança do Estado, quando foi criada a Feconsepro. Foi neste período que Bento viu nascer a vaga rotativa.

O reconhecimento

Daniel Amadio (Atual Presidente) – Gestão 2014/2018 e 2018/2022

Com efetiva participação setorial e comunitária, além de articulação política, o Sindilojas Regional Bento chega a seus 45 anos com uma oferta de mais de 100 produtos, serviços e convênios. Esta performance ampliou em mais de 50% o número de associados nos últimos anos, ultrapassando as 600 empresas. Com a desobrigatoriedade da contribuição sindical, a rede de benefícios tem sido determinante para a sustentabilidade da entidade.

Como um braço da Federação do Comércio de Bens e de Serviços do Rio Grande do Sul (Fecomércio-RS), o sindicato tem cadeira na vice-presidência com Daniel Amadio atuando fortemente também na coordenação da Comissão de Combate à Informalidade no Estado. O trabalho de conscientização ganhou uma campanha própria, criada pelo Sindilojas. ‘O Reflexo da Pirataria é o Crime’, compartilhada por outros sindicatos, chama a atenção para o perigo dos produtos pirateados que ajudam a alimentar a violência no Brasil, fomentando o tráfico de drogas, armas e até de pessoas.

Com base territorial em 11 municípios (Barão, Bento Gonçalves, Boa Vista do Sul, Carlos Barbosa, Coronel Pilar, Garibaldi, Monte Belo do Sul, Pinto Bandeira, Santa Tereza, São Pedro da Serra e São Valentim do Sul), a entidade tem voz ativa na sociedade.

A legitimidade e credibilidade conquistadas pela gestão premiam a entidade com a realização, inédita em Bento Gonçalves, do 36º Congresso Nacional de Sindicatos Empresariais do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNSE), com a presença de mais de 1.000 dirigentes de todo o país.

Diretoria Gestão 2019-2022

DANIEL AMADIO – Presidente

RAFAEL MEJOLARO DE COSTA – 1º Vice-Presidente

GABRIELA ZANCHET JORGE – 2º Vice-Presidente

ILIANE FRANCESCHINI BERTINATTO – 3º Vice-Presidente

ROBERTA MILANI – Vice Presidente de Finanças e Patrimônio

CLARICE FÁTIMA ZORTÉA – Vice Presidente Administrativa

LADI MARCON RAMPANELLI – Diretora de Finanças e Patrimônio

SÉRGIO REIS DA SILVA – Diretor Administrativo

DANIEL BILIGRÃ DAL MAGRO – Diretor do Cons. Rel. Trabalho

RAFAEL DALAVEQUIA – Vice-Diretor do Cons. Rel. Trabalho

GUSTAVO LUIS ZANATTA – Diretor do Cons. de Des. Prod. e Serviços

GISELE GHENO – Vice-Diretora do Cons. Des. Prod. e Serv.

IZABEL CRISTINA PRIOR – Diretora do Cons. Formação Empresas

JOVIANE MENEGHEL – Diretora do Cons. de Eventos e Promoções

IRIA GIORDANI GAZOLLA – Diretora Cons. Micro e Peq. Empresas

Conselho Fiscal

PLINIO MEJOLARO, DÉCIO FERRARI, JOVINO ANTÔNIO DEMARI e GENTIL T. POMPERMAYER

Suplentes

MARTA WEBBER DE BACCO

MARINÊS RAMPON

Diretores Suplentes

LÊNIO ZANESCO

INELVE SALETE ZEN MUNARI

Foto Daniel Amadio – Crédito: Divulgação Sindilojas

Foto da cidade em 1975 – Crédito: Estúdio Zanchetti

Share this post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *